Mercado abrirá em 6 h 52 min
  • BOVESPA

    107.937,11
    -1.004,57 (-0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.890,59
    -708,79 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,64
    +0,33 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.842,50
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    36.087,52
    +109,62 (+0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    821,53
    +10,93 (+1,35%)
     
  • S&P500

    4.410,13
    +12,19 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.364,50
    +99,13 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.113,13
    -475,24 (-1,72%)
     
  • NASDAQ

    14.318,50
    -182,50 (-1,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2127
    -0,0160 (-0,26%)
     

Ibovespa estende recuperação, na contramão de Wall Street, após dado nos EUA

·3 min de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa brasileira operava em alta nesta sexta-feira, à medida que investidores digeriam importante dado de emprego nos Estados Unidos divulgado pela manhã, em sessão volátil e esvaziada de influências domésticas.

Às 12:23, o Ibovespa subia 0,38%, a 101.946,05 pontos. Empresas de commodities contribuiam positivamente com o índice, enquanto ações de companhias relacionadas ao consumo estavam na ponta oposta. O volume da sessão era de 7,5 bilhões de reais.

A criação de vagas de trabalho fora do setor agrícola nos EUA em dezembro somou, em termos líquidos, 199 mil postos, disse o Departamento do Trabalho, contra estimativa de 400 mil em pesquisa Reuters com analistas. Os dados de novembro, no entanto, foram revisados de criação de 210 mil postos para de 249 mil. Já a taxa de desemprego caiu para 3,9% em dezembro, contra estimativa do mercado de 4,1% e ante 4,2% no mês passado.

Os principais índices de ações nos EUA caíam em sessão volátil, na esteira da divulgação dos números, enquanto o Ibovespa tinha subia, estendendo recuperação, ainda que parcial, vista na véspera, após queda nas três primeiras sessões de 2022.

"A gente parte, no Brasil, de um nível bastante depreciado", diz Lucas Monteiro, trader de multimercados da Quantitas. "Mercado está tentando se acomodar ainda".

Dados de emprego são uma variável importante para o Federal Reserve (Fed) em suas discussões sobre quando subir os juros nos EUA e por isso são escrutinizados pelo mercado, que busca pistas sobre as próximas decisões da instituição. Autoridades do banco central norte-americano já sinalizaram que a alta dos juros depende de condições de "pleno emprego".

Na quarta-feira, a ata da última reunião de política monetária do Fed derrubou os mercados de ações ao revelar discussões de membros da instituição no sentido de subir os juros em um ritmo mais rápido do que o previsto. A medida retiraria liquidez dos mercados globais, afetando especialmente a renda variável e os países emergentes.

DESTAQUES

- INTER disparava 8,8%, após quedas contundentes em sessões recentes, em meio a leilões de blocos grandes de papéis da empresa. Investidores também têm a discussão sobre aumento de juros nos EUA no radar.

- XP subia mais de 5% em Wall Street após acertar compra de até 100% do Banco Modal. Units do Modal, que não estão no Ibovespa, saltavam mais de 46%.

- PETRORIO ON subia 3,7%, após divulgar dados operacionais de dezembro, mesmo com petróleo próximo da estabilidade na sessão. Ações da empresa estendiam alta da véspera, quando tiveram suporte de elevação de preço-alvo pelo Credit Suisse.

- PETROBRAS PN ON subiam 0,1% e 0,5%, respectivamente.

- VALE ON subia 2,4%, após minério de ferro ampliar ganhos na bolsa de Dalian, com otimismo sobre potencial recuperação da demanda por aço. Maioria das siderúrgicas subia, com USIMINAS PN avançando 1,9%.

- TOTVS ON caía 2,5%, quarta queda em cinco sessões.

- AMERICANAS ON caía 4,1%, VIA ON recuava 0,9% e MAGAZINE LUIZA ON avançava 2,4%.

- HAPVIDA ON subia 3,5% e INTERMÉDICA ON avançava 2,6%.

(Edição Alberto Alerigi Jr.; Edição de Maria Pia Palermo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos