Mercado fechará em 5 h 32 min

Ibovespa em queda com acordo comercial, OCDE e dados do varejo

Poliana Santos
Ibovespa em queda com acordo comercial, OCDE e dados do varejo

O Ibovespa inicia em queda, nesta quarta-feira (15), com a assinatura do acordo comercial, dados do varejo, Brasil na OCDE e Petrobras.

Por volta das 10h20, o Ibovespa variava negativamente a 0,68% alcançando 116.827,98 pontos. A China e os Estados Unidos devem assinar o acordo de primeira fase nesta quarta-feira e o mercado está acompanhando o desdobramento.

Além disso segue no radar dos investidores: o volume de vendas do varejo que cresceu em novembro em comparação com outubro, o apoio dos EUA ao Brasil na OCDE e a Petrobras que fechou a venda da participação que tinha na Petrobras Oil & Gas.

Acordo comercial

A China e os Estados Unidos devem assinar nesta quarta-feira (15) a primeira fase de um acordo comercial. No documento, o país asiático se compromete a importar US$ 200 bilhões de produtos norte-americanos para reduzir o déficit comercial entre os dois países.

Saiba Mais: Acordo comercial entre China e EUA deve ser assinado nesta quarta

Além disso, a China se compromete a não manipular o valor da moeda ou proteger a propriedade intelectual das empresas dos americanas. Por sua vez, o acordo comercial prevê uma suspensão parcial das taxas dos EUA sobre produtos chineses.

Varejo

Em novembro do ano passado, o volume de vendas do comércio varejista nacional cresceu 0,6% ante outubro, na série livre de influências sazonais, sétima taxa positiva seguida, intervalo em que o varejo acumulou ganho de 3,3%. O índice de média móvel trimestral, depois de uma alta de 0,4% no trimestre encerrado em outubro, cresceu em 0,5% no trimestre encerrado no mês posterior.

O volume de vendas do comércio varejista ampliado, que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, registrou queda de 0,5% em relação a outubro do ano passado, quebrando a sequência de oito meses de crescimento consecutivo, período em que o varejo ampliado cresceu 5,1%.

Brasil na OCDE

Os Estados Unidos consideram como prioridade o ingresso do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Dessa forma, o País ocupa a vaga que era da Argentina na fila de postulantes a entrar na organização de países ricos.

Saiba Mais: EUA apoiam Brasil para entrada na OCDE no lugar da Argentina

Em março do ano passado, o presidente norte-americano, Donald Trump, havia afirmado na presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, que apoiava a entrada do Brasil na OCDE. No entanto, meses depois, uma carta do Secretário de Estado, Mike Pompeo, se tornou pública e no documento dizia que os EUA apoiariam somente os pedidos de acesso da Argentina e da Romênia.

Petrobras

A Petrobras (PETR3) fechou a venda de 50% da participação que a Petrobras International Braspetro BV (PIBBV) tinha na Petrobras Oil & Gas BV (PO&GBV). A participação foi adquirida pela Petrovida Holding B.V (Petrovida), na última terça-feira (14). O valor da operação foi de US$ 1,45 bilhão (R$ 5,87 bilhões) por ativos que eram da Petrobras na África.

Última cotação

Na última sessão, terça-feira (14), Ibovespa 0,26% alcançou a 117.632,398 pontos.