Mercado abrirá em 5 h 6 min
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,96 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,60 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,91
    +0,29 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.837,60
    +7,30 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    21.321,87
    -62,81 (-0,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    465,37
    +11,47 (+2,53%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,28 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.267,35
    +58,54 (+0,81%)
     
  • HANG SENG

    22.275,04
    +555,98 (+2,56%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.234,25
    +93,75 (+0,77%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5367
    -0,0157 (-0,28%)
     

Ibovespa cai abaixo de 100 mil pontos com medo de recessão; Petrobras desaba

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em forte queda nesta sexta-feira, voltando aos níveis de novembro de 2020, com os temores de recessão global derrubando commodities, enquanto Petrobras desabou cerca de 7% também refletindo risco político após anunciar reajuste nos preços de combustíveis.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 2,84%, a 99.887,29 pontos, de acordo com dados preliminares, menor patamar desde o começo de novembro de 2020. No pior momento, chegou a 98.401,73 pontos (-4,28%). O volume financeiro somava 31 bilhões de reais.

Com tal desempenho, o Ibovespa acumulou declínio de 5,3% na semana.

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

(Por Paula Arend Laier)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos