Mercado fechado
  • BOVESPA

    104.466,24
    +3.691,67 (+3,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.927,38
    +920,22 (+1,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,37
    +1,80 (+2,75%)
     
  • OURO

    1.767,90
    -13,70 (-0,77%)
     
  • BTC-USD

    56.790,02
    +10,62 (+0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.450,10
    +11,22 (+0,78%)
     
  • S&P500

    4.577,10
    +64,06 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.639,79
    +617,75 (+1,82%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    16.016,50
    +146,75 (+0,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3802
    -0,0666 (-1,03%)
     

Ibovespa avança com Vale e balanços corporativos; Via desaba 12%

·2 min de leitura

Por Patricia Vilas Boas

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa avançava cerca de 2% nesta quinta-feira, com a alta das ações da Vale respondendo pela maior contribuição positiva, enquanto a temporada de balanços tinha efeito misto, com JBS subindo mais de 2%, mas Via desabando quase 12%

Às 11:33, o Ibovespa subia 1,99 %, a 108.079,52 pontos. O volume financeiro era de 7 bilhões de reais.

De agosto com a equipe da Ágora Investimentos, o Ibovespa renovou a perspectiva de alta no curto prazo, em direção ao patamar de resistência mais próximo indicado aos 108.935 pontos.

"Neste cenário, a atenção fica sobre o eventual enfraquecimento do movimento, quando possibilitaria a formação de uma estrutura de topo seguida de uma correção de baixa em direção ao nível de suporte marcado aos 102.800 pontos."

DESTAQUES

- VALE ON avançava 4,5%, em sessão positiva para ações de siderurgia e mineração, na esteira da alta dos preços de produtos ferrosos e siderúrgicos nas bolsas de futuros de commodities da China.

- JBS ON subia 2,1%, após lucro de 7,6 bilhões de reais no terceiro trimestre, alta de 142% no comparativo anual, com destaque para operações nos EUA. A companhia também anunciou recompra de ações.

- VIA ON despencava 11,8%, após prejuízo líquido de 638 milhões de reais no terceiro trimestre, impactada por revisões em provisões geradas por processos trabalhistas.

- MAGAZINE LUIZA ON saltava 6,5% antes da divulgação do resultado trimestral, previsto para após o fechamento do mercado, enquanto AMERICANAS ON, que também reporta seus números, subia 2,6%.

- AZUL PN disparava 7,4%, mesmo após prejuízo bilionário no terceiro trimestre, uma vez que o resultado operacional medido pelo Ebitda cresceu para 485,6 milhões de reais de julho a setembro.

- TOTVS ON valorizava-se 4,5%, após reportar aumento de 9% no lucro do terceiro trimestre, com crescentes receitas ligadas à tecnologia financeira e performance de negócios compensando efeitos de maiores despesas.

- LOCAWEB ON perdia 2,7%, apesar de forte expansão no lucro líquido ajustado, conforme aquisições pressionaram as margens da empresa.

(Com reportagem adicional e edição Paula Arend Laier)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos