Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.760,06
    +2.006,03 (+5,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Ibovespa avança com foco em retomada econômica

·2 minuto de leitura
Bolsa de valores de São Paulo

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista tinha alta discreta nesta quinta-feira, acompanhando o comportamento de mercados acionários no exterior, com o foco voltado para a recuperação das economias.

Às 11:21, o Ibovespa subia 0,36%, a 128.895,25 pontos. O volume financeiro somava 6,3 bilhões de reais.

No Brasil, o Banco Central elevou sua projeção de crescimento do PIB em 2021 para 4,6%, citando o resultado melhor do que o esperado no primeiro trimestre do ano e os indicadores disponíveis para o trimestre corrente.

A confiança do consumidor brasileiro subiu para seu maior patamar em sete meses em junho, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Wall Street abriu com novas máximas históricas para o Nasdaq e o S&P 500 tendo de pano de fundo queda nos pedidos semanais de auxílio-desemprego e expectativa sobre o pacote de infraestrutura do presidente Joe Biden.

"A recuperação econômica está em terreno sólido e os temores de aperto do Fed (banco central dos EUA) são exagerados', afirmou o Barclays em relatório a clientes, acrescentando que segue "overweight" em ativos de risco.

DESTAQUES

- B2W ON avançava 4,1%, em sessão positiva para papéis de varejo em geral, com LOJAS AMERICANAS PN subindo 3,6% e MAGAZINE LUIZA ON valorizando-se 3,45%, diante das perspectivas mais positivas para a atividade econômica e melhora no sentimento do consumidor.

- JHSF ON registrava alta de 4,3%, em sessão mais positiva para ações relacionadas a empreendimentos imobiliários, incluindo shopping centers. CYRELA ON avançava 2,8%. O índice do setor imobiliário tinha elevação de 1,5%.

- ITAÚ UNIBANCO PN cedia 0,75% e BRADESCO PN mostrava decréscimo de 0,3%, afastando o Ibovespa das máximas da sessão.

- PETROBRAS PN mostrava variação positiva de apenas 0,3%, tendo de pano de fundo a fraqueza dos preços do petróleo no mercado internacional.

- VALE ON oscilava ao redor da estabilidade, sem sinal único no setor de mineração e siderurgia. USIMINAS PNA caía 0,4%, mas GERDAU PN valorizava-se 1,4%, tendo no horizonte as negociações do pacote de infraestrutura nos EUA, onde obtém parcela relevante da receita.

- BB SEGURIDADE ON recuava 1,2%, pelo segundo dia consecutivo entre os destaques negativos, após anunciar que BB Seguridade fará um reforço de capital de até 600 milhões de reais na Brasilprev, que concentra os negócios de previdência complementar aberta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos