Mercado fechado

Ibovespa avança com atenção ao exterior; dólar é negociado a R$ 4,52

Ana Carolina Neira

Mercado de ações reflete certo alívio em relação aos impactos econômicos do coronavírus O Ibovespa opera em alta desde a abertura. Às 11h21, o índice subia 1,30%, aos 106.910 pontos. Nas máximas, foi aos 107.809 pontos. O giro financeiro era de R$ 3,07 bilhões.

O impulso reflete certo alívio do mercado em relação aos impactos econômicos do coronavírus. É inegável que a doença causará efeitos negativos nas principais economias do mundo, mas a ausência de notícias ainda mais pessimistas e, principalmente, a ação conjunta dos bancos centrais para solucionar o problema é o que anima os investidores.

Silvia Zamboni/Valor

Além disso, alguns analistas apontam que a vitória de Joe Biden nas primárias do Partido Democrata, garantindo vantagem frente ao senador Bernie Sanders, mais posicionado à esquerda, agrada o mercado americano. Assim, com a previsão de um dia positivo no exterior, é natural que o Ibovespa consiga uma recuperação mais consistente.

Os agentes têm em mãos ainda o desempenho da economia brasileira em 2019, de avanço de 1,1%, em linha com o esperado, o que também é uma boa notícia. Diante do cenário desafiador no exterior e uma onda recente de aversão ao risco global, a informação de que o Brasil segue evoluindo no ritmo esperado é bem recebida.

Entre as maiores altas do Ibovespa, estavam Vale ON (3,17%) e as units da Klabin (3,41%). IRB Brasil ON cedia 22,75%.

No mercado de câmbio, o dólar comercial era negociado a R$ 4,5235, alta de 0,26%.