Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.154,09
    -1.938,29 (-3,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Ibovespa abre semana no azul; Cia Hering dispara após anúncio de acordo com Soma

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista subia nos primeiros negócios desta segunda-feira, com a agenda corporativa agitada pelo anúncio do acordo de fusão entre Grupo Soma e Cia Hering, e influência levemente positiva de Wall Street.

Às 10:43, o Ibovespa tinha valorização de 0,35%, aos 120.950,13 pontos.

O Grupo Soma anunciou nesta manhã que fechou acordo para incorporar a Cia Hering. O valor definido equivale ao Grupo Soma pagar aos acionistas da Cia Hering um ágio de cerca de 43,5%, tomando como base o preço de fechamento das ações das empresas na última sexta-feira na B3, avaliando a Cia Hering em cerca de 5,32 bilhões de reais.

A ação da Cia Hering disparava 27,5%, a 28,90 reais, enquanto a do Grupo Soma tinha ganho de 1,8%, a 14,35 reais.

No exterior, os principais índices das bolsas dos Estados Unidos abriram em leve alta, com as atenções voltadas para a temporada de balanços corporativos do primeiro trimestre.

No plano doméstico, investidores aguardam a instalação da CPI da Covid-19 e seus reflexos sobre a agenda de reformas do governo federal, enquanto a temporada de balanços também ganha tração. Para esta semana estão previstos os resultados de Cielo, Multiplan, Vale, Santander Brasil, Embraer, Fleury, Weg e Gol.

(Por Aluisio Alves)