Mercado abrirá em 8 h 45 min
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,36
    -0,77 (-1,45%)
     
  • OURO

    1.860,70
    -5,20 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    30.528,84
    +714,80 (+2,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    604,24
    -75,66 (-11,13%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,37 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.669,78
    -257,98 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    28.646,99
    -109,87 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.359,50
    -36,00 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5140
    +0,0056 (+0,09%)
     

Ibovespa abre em alta com exterior favorável

Paula Arend Laier
·2 minuto de leitura
Sede da B3

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa avançava na manhã desta quinta-feira, acompanhando o clima favorável a ativos de risco no cenário externo, na esteira do otimismo sobre vacinas contra a Covid-19 e estímulos econômicos nos Estados Unidos.

Às 10:13, o Ibovespa subia 0,14%, a 118.020,88 pontos.

A equipe da CM Capital Markets chamou atenção para o Relatório de Inflação do Banco Central, afirmando que a autoridade monetária apresentou expectativas ancoradas para a inflação de longo prazo. (https://bit.ly/3gTXYi7)

No mesmo documento, o BC piorou levemente projeção para o PIB de 2021 para crescimento de 3,8%.

"O momento segue favorável para ativos de risco, com a alta contínua das commodities e a promessa de liquidez abundante por um longo período pelos principais bancos centrais", observou a equipe da Guide Investimentos em nota a clientes.

No exterior, após Reino Unido, EUA e outros países começarem a vacinar seus cidadãos, o ministro da Saúde da Alemanha afirmou que todos os países-membros da União Europeia planejam iniciar vacinações contra a Covid-19 a partir de 27 de dezembro.

Há expectativa de que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) faça um anúncio nesse sentido em 21 de dezembro.

Nos EUA, enquanto o Federal Reserve se comprometeu a continuar injetando recursos nos mercados até que a recuperação da economia norte-americana esteja garantida, parlamentares se aproximam de um pacote de estímulo de 900 bilhões de dólares.

"O Federal Reserve mais 'dovish' em sua política monetária, além de um discurso com viés mais otimista para a economia dos EUA, trouxe uma onda de otimismo global, que deve afetar a abertura local", citou a equipe da CM Capital Markets em nota a clientes.

Nesta manhã, o sinal positivo prevalecia nas bolsas na Europa e futuros acionários norte-americanos, assim como em commodities como o petróleo e o minério de ferro.