Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.224,64
    +395,33 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,37
    +1,55 (+2,43%)
     
  • OURO

    1.843,30
    +19,30 (+1,06%)
     
  • BTC-USD

    49.774,55
    +628,21 (+1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.404,11
    +45,55 (+3,35%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.393,25
    +293,00 (+2,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4041
    -0,0084 (-0,13%)
     

IBM vai utilizar NFTs para registro de patentes

Anderson Mendes
·2 minuto de leitura

A IBM irá registrar patentes na rede blockchain no formato de tokens não-fungíveis (NFT), em parceria com a IPwe.

As empresas estão há anos trabalhando em conjunto para desenvolver soluções com a rede blockchain. Na quarta-feira (21), as companhias anunciaram que irão criar NFTs para representar patentes.

“A tokenização de propriedade intelectual (PI) ajudará a posicionar as patentes para serem mais facilmente vendidas, negociadas, comercializadas ou monetizadas de outra forma e trazer nova liquidez para esta classe de ativos para investidores e inovadores. A tokenização oferece maior transparência e também pode tornar as transações relacionadas mais simples e econômicas”. – afirma a IPwe em comunicado.

Os NFTs serão armazenados na plataforma da IPwe, hospedada em nuvem e desenvolvida pela IBM Blockchain, setor da IBM totalmente dedicado à tecnologia. Proprietários e outros usuários do ecossistema de patentes poderão pesquisar, comprar, vender e financiar patentes nesse nosso formato.

Segundo o CEO da IPwe, Erich Spangenberg, os NFTs poderão ajudar a criar novas maneiras de interagir com as propriedades intelectuais. Isso beneficiaria não apenas grandes empresas, mas também pequenos e médios negócios, assim como pessoas físicas que possuam alguma patente.

Negócio pode se tornar trilionário

nft
nft

Segundo Spangenber, apenas 5% de todas as propriedades intelectuais são avaliadas para negociação atualmente. Para o CEO da IPwe, a falta de informações e transparência sobre as patentes e seus donos dificulta as transações neste mercado.

Dessa forma, os NFTs seriam uma alternativa para facilitar a identificação e autenticação de patentes, além de ser um meio mais fácil de negociação. Isso decorre da maior facilidade da blockchain para armazenar todas as informações importantes, além de permitir consultas rápidas e seguras.

Com isso, Spangenber acredita que o desenvolvimento desse mercado pode fazê-lo ultrapassar a marca de US$ 1 trilhão. Ambas as empresas esperam que governos, corporações, universidades e startups passem a comercializar suas propriedades intelectuais nesse novo formato.

O artigo IBM vai utilizar NFTs para registro de patentes foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.