Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.371,48
    -690,52 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.092,31
    +224,69 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,65
    +0,22 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.786,90
    +4,90 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    51.221,17
    -2.633,41 (-4,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.169,35
    -73,71 (-5,93%)
     
  • S&P500

    4.134,98
    -38,44 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    33.815,90
    -321,41 (-0,94%)
     
  • FTSE

    6.938,24
    +42,95 (+0,62%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    28.952,74
    -235,43 (-0,81%)
     
  • NASDAQ

    13.770,25
    +20,00 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5462
    +0,0046 (+0,07%)
     

IBM cria inteligência artificial que um dia derrotará humanos na base do diálogo

Redação
·2 minuto de leitura

Imagine o seguinte cenário: você está em um debate contra uma rede neural capaz de processar milhões de informações por segundo. Quem venceria? Os humanos ainda levam vantagem, mas até quando?

Um programa de Inteligência Artificial desenvolvido por cientistas da IBM mostrou ser tão bom em discutir temas com pessoas reais que parece ser uma questão de tempo até que essa competição se torne injusta.

O Projeto Debater é uma tentativa de fazer com que algoritmos dialoguem com seres humanos de igual para igual. É claro que tópicos precisam ser pré-estabelecidos e escolhidos dentro de um banco de dados para que a (IA) tenha uma base para defender seus pontos de vista.

Como toda tecnologia em fase inicial, ela precisa de aprimoramento. Em uma disputa demonstrativa feita com Harish Natarajan, considerado um campeão em debates, o programa mostrou que pode argumentar levando em conta temas complexos e ainda sustentar opiniões sem titubear. Não houve derrota nem vitória, mas um empate intrigante.

Veja o vídeo do debate entre Harish e a Inteligência Artificial abaixo:

Mas pelo menos por enquanto ela ainda precisa ser abastecida por pessoas de carne e osso. O Projeto Debater foi alimentado com cerca de 400 milhões de notícias que formam sua base de dados. A quantia é suficiente para aproximadamente 100 tópicos de debates. Por isso ainda não dá para sair por aí discutindo sobre qualquer assunto.

É claro que a apresentação do projeto já é uma grande conquista, principalmente considerando os desafios tecnológicos de simular o pensamento humano, fator quase impossível alguns anos atrás mesmo para uma (IA) de última geração.

Embora o Projeto Debater represente um avanço significativo, ainda não chegou ao ponto em que Inteligências Artificiais possam raciocinar melhor que os humanos. Criar consenso, refletir, ponderar, analisar e julgar, por enquanto, são condições próprias da nossa raça. Pelo menos até o próximo algoritmo ser inventado!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: