Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.150,59
    -1.055,02 (-2,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

IBGE terá processo seletivo com 207 mil vagas para o Censo 2022

·3 min de leitura
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 08.11.2019 - Sessão plenária do STF (Supremo Tribunal Federal), em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 08.11.2019 - Sessão plenária do STF (Supremo Tribunal Federal), em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) recebeu, nesta sexta-feira (3), autorização para realizar processo seletivo simplificado com 207.020 vagas para o Censo de 2022. Segundo o instituto, a medida foi autorizada pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital por meio de duas portarias publicadas no Diário Oficial da União.

Dos 207.020 postos de trabalho temporário, 183,1 mil são para recenseador, 18.420 para agente censitário supervisor e 5.500 para agente censitário municipal. A organização do processo seletivo será feita pela FGV (Fundação Getulio Vargas).

O censo do IBGE deveria ter sido realizado em 2020, já que essa contagem populacional ocorre de dez em dez anos e a última foi realizada em 2010, mas, além da pandemia de coronavírus no ano passado, a falta de transferência de verba por parte do governo federal para custear o processo em 2021 foi um empecilho.

Inicialmente, a seleção para a contratação de recenseadores, agentes censitários municipais e agentes censitários supervisores previa a contratação de 204 mil temporários no país. Agora, além de ampliar o número de vagas, o IBGE está no processo de devolução dos valores que foram pagos anteriores.

Segundo o instituto, o novo período de inscrições está previsto para ter início em dezembro. As informações sobre data, valores, provas e pré-requisitos para participar ainda serão publicadas pela FGV.

Quem se candidatou a uma das vagas de agente censitário pagou taxa de R$ 39,49. Para recenseador, o valor cobrado foi de R$ 25,77. Para concorrer a recenseador, o candidato deve ter nível fundamental completo, e para os cargos de agentes censitários, ensino médio concluído.

Na seleção que foi cancelada, o salário oferecido para agente censitário municipal era de R$ 2.100, e para supervisor, de R$ 1.700, com jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. Recenseadores recebem por produtividade.

As inscrições nos processos seletivos de 2020 e 2021 não serão válidas para a seleção de 2022. Os interessados deverão fazer nova inscrição e pagar a taxa de inscrição para participar do novo processo seletivo. Segundo o IBGE, o censo visitará os mais de 70 milhões de domicílios brasileiros, em todas as cidades do país, a partir de junho do próximo ano.

Orçamento

O Censo 2022 será possível após recuo do governo, já que o caso foi parar no STF (Supremo Tribunal Federal). Ao Supremo, o Planalto informou que ampliaria o orçamento do IBGE para a realização do Censo em 2022. Para isso, a Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento autorizou emenda ao PLOA-2022, fixando o valor total de R$ 2,292 bilhões para o Orçamento do Censo Demográfico 2022.

O instituto chegou a suspender a realização das provas objetivas em abril, após a votação do Orçamento no Congresso. O governo federal havia reservado anteriormente apenas R$ 2 bilhões para a realização das pesquisas no ano que vem, mas o instituto afirmou que o valor era insuficiente e seriam necessários R$ 2,29 bilhões para realizar o recadastramento.

Em maio, o STF decidiu que o governo só precisaria realizar o Censo em 2022. Em setembro, foram feitos testes para o Censo de 2022 presencial na Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos