Mercado abrirá em 6 h 51 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,65
    +1,08 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.826,50
    +1,70 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    20.784,13
    -397,81 (-1,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    452,04
    -9,76 (-2,11%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.106,88
    -122,64 (-0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.007,84
    +136,57 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    12.051,75
    +11,25 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5405
    -0,0036 (-0,06%)
     

IBGE revisa para cima dados do PIB do 3º e 4º tri de 2021

Consumidores caminham por rua comercial do Rio de Janeiro

SÃO PAULO (Reuters) - A economia brasileira cresceu mais nos últimos dois trimestres de 2021 do que o calculado anteriormente, embora o aumento do Produto Interno Bruto no ano passado tenha ficado inalterado.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o dado do quarto trimestre para cima, passando a ver expansão de 0,7% em vez da taxa de 0,5% informada anteriormente.

O dado do terceiro trimestre também melhorou, passando a um leve crescimento de 0,1%, contra recuo de 0,1% divulgado previamente.

O IBGE ainda passou a calcular alta de 1,1% no primeiro trimestre e queda de 0,2% no segundo, contra respectivamente avanço de 1,4% e retração de 0,3% das divulgações anteriores.

Apesar das revisões, o IBGE manteve o cálculo de que o PIB brasileiro cresceu 4,6% em 2021.

(Por Camila Moreira)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos