Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.605,54
    -1.411,46 (-1,40%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.001,31
    -244,59 (-0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,83
    -0,74 (-1,87%)
     
  • OURO

    1.905,50
    -6,40 (-0,33%)
     
  • BTC-USD

    13.693,47
    +73,91 (+0,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    270,94
    +9,65 (+3,69%)
     
  • S&P500

    3.390,68
    -10,29 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    27.463,19
    -222,21 (-0,80%)
     
  • FTSE

    5.728,99
    -63,02 (-1,09%)
     
  • HANG SENG

    24.787,19
    -131,59 (-0,53%)
     
  • NIKKEI

    23.384,09
    -110,21 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    11.534,50
    -53,50 (-0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7181
    +0,0776 (+1,17%)
     

IBGE: Produção industrial sobe em 12 de 15 locais em agosto, ante julho

Bruno Villas Bôas
·1 minuto de leitura

Maior variação percentual positiva foi registrada no Pará (9,8%) A produção da indústria brasileira cresceu em 12 dos 15 locais pesquisados em agosto, na comparação a julho, conforme dados da Pesquisa Industrial Mensal-Regional (PIM-Regional), divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A produção nacional apresentou aumento de 3,2% em agosto, ante julho, como divulgado pelo IBGE na semana passada. Nesta quinta-feira, o instituto detalha esse resultado pelos diferentes locais acompanhados pela pesquisa. A maior variação percentual positiva foi registrada no Pará (9,8%), seguido por Santa Catarina (6,0%), Ceará (5,7%), Rio Grande do Sul (5,2%), Amazonas (4,9%), São Paulo (4,8%) e Rio de Janeiro (3,3%). Também tiveram resultado positivo em agosto, frente a julho, os Estados do Paraná (2,9%), Mato Grosso (2,6%), Goiás (1,2%) e Bahia (0,9%). Completa os locais pesquisados com taxa positiva no mês a região Nordeste (3,0%). No campo negativo estão Pernambuco (-3,9%), Espírito Santo (-2,7%) e Minas Gerais (-0,4%). Quando comparada a agosto de 2019, a produção nacional recuou em nove dos 15 locais pesquisados. Por essa base de comparação, a produção industrial do país apresentou baixa de 2,7%. Neste caso, os destaques negativos foram as baixas da produção industrial do Espírito Santo (-14,7%) e Paraná (-7,6%), seguidos por Bahia (-6,1%), Mato Grosso (-4,4%) e São Paulo (-4,1%). iStock