Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -657,98 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,53 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,86 (-2,12%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    12.964,21
    +67,62 (+0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,09 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,65 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,32 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +19,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6639
    +0,0538 (+0,81%)
     

IBGE: Indústria supera produção pré-pandemia em 6 de 15 locais em agosto

Bruno Villas Bôas
·1 minuto de leitura

Amazonas, Pará, Ceará, Goiás, Minas Gerais e Pernambuco estão acima do nível registrado em fevereiro; São Paulo e Rio seguem abaixo Seis dos 15 locais acompanhados pelo Pesquisa Industrial Mensal Regional (PIM-Regional), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), superaram em agosto o nível de produção de fevereiro, mês que antecedeu as medidas de isolamento social para enfrentamento da pandemia. De acordo com a pesquisa, o Estado do Amazonas produzia, em agosto, 7,6% a mais do que em fevereiro deste ano. Outros Estados que superavam o nível pré-pandemia eram Pará (5,5% acima de fevereiro), Ceará (5%), Goiás (3,9%), Minas Gerais (2,6%) e Pernambuco (0,7%). Bernardo Almeida, gerente da pesquisa do IBGE, disse que o resultado ocorre após a reabertura e flexibilização das medidas de isolamento social. “A pesquisa reflete, em grande medida, a ampliação do movimento de retorno à produção de unidades produtivas, após paralisações e interrupções por conta da pandemia”, disse Almeida. A produção industrial nacional cresceu 3,2% em agosto, quarta alta seguida. Porém, na média nacional, a produção segue 2,6% abaixo do pré-pandemia. O parque fabril do Estado de São Paulo produz 0,6% abaixo do verificado em fevereiro. O Rio de Janeiro ainda produz em agosto 0,1% abaixo do pré-pandemia. Em agosto, a produção industrial subiu em 12 dos 15 locais pesquisados, em comparação com julho. Alberto Cesar Araújo/Valor