Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,51
    +0,37 (+0,48%)
     
  • OURO

    1.884,20
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    23.254,76
    +506,79 (+2,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,56
    +8,61 (+1,64%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.298,70
    +76,54 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    27.685,47
    -8,18 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    12.765,00
    -11,75 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5768
    +0,0575 (+1,04%)
     

Iberdrola terá sua primeira usina solar flutuante em Fernando de Noronha

Painéis solares fotovoltaicos flutuantes na usina O'Mega 1, França

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo espanhol Iberdrola disse nesta quinta-feira que planeja instalar no Brasil sua primeira usina solar fotovoltaica flutuante no mundo.

O projeto, conduzido por sua controlada brasileira Neoenergia, será construído no espelho d’água do Açude do Xaréu, na ilha de Fernando de Noronha, onde a Iberdrola está desenvolvendo diversas soluções energéticas sustentáveis.

A implantação do empreendimento, que deverá começar antes do final do ano, envolverá investimentos de 2 milhões de euros, disse a elétrica.

Essa iniciativa é realizada em conjunto com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), operadora da rede de distribuição de água e esgoto na ilha, e conta com o apoio do Programa de Eficiência Energética da agência reguladora Aneel.

Com uma potência de 630 kilowatts (kW), a usina flutuante gerará cerca de 1.240 megawatts-hora (MWh) de energia por ano, o suficiente para cobrir mais de 50% do consumo de energia da Compesa na ilha.

"O desenvolvimento de sua primeira usina solar flutuante permitirá ao grupo Iberdrola testar esta nova tecnologia e analisar sua possível expansão", disse a elétrica, em comunicado.

A Neoenergia vem desenvolvendo várias soluções sustentáveis em Fernando de Noronha, como usinas solares para abastecer veículos elétricos que andam pela ilha e a instalação de redes elétricas inteligentes.

(Por Letícia Fucuchima)