Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.962,02
    -1.897,28 (-4,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

iPhone foi feito para durar? Sistema e bateria dizem que não

·2 minuto de leitura
Tokyo, Japan - May 23, 2020 : Apple iPhone during iOS update. New Apple watch & iPhone OS releases are widely followed every year
Entre os 2 bilhões de produtos Apple que foram aposentados pelos consumidores, pelo menos 1,3 bilhões ainda estão ativos (Getty Image)
  • Apple já foi processada em Portugal por inutilizar produtos antigos

  • A vida útil estimada de um produto da marca é de 4 anos e 3 meses

  • Em novembro o iPhone 6 deixará de rodar o WhatsApp

Lançado em 2014, o iPhone 6 começa a apresentar os últimos sinais da obsolescência: a partir do mês que vem, não será mais possível utilizar a principal plataforma de troca de mensagens do Brasil, o WhatsApp. Com a lançamento de novos smartphones, os produtos mais antigos da Apple são deixados de lado para que os consumidores sejam forçados a comprar novos itens, ainda que tenham conservado bem o aparelho mais antigo.

Leia também:

Conhecida como obsolescência programada, a estratégia de criar produtos com prazo de validade é antiga no mercado. Em março deste ano, a própria empresa da maçã foi processada em Portugal por limitar o desempenho dos celulares menos atuais. Na Europa, a pratica de inutilizar produtos para gerar novas vendas é vetada por lei.

Feito para acabar

De acordo com estimativas, a vida útil de um produto da Apple é de 4 anos e 3 meses. Enquanto surgem novas atualizações do sistema, os dispositivos ficam para trás na modernização, encontrando dificuldade para rodar aplicativos e baixar novas funcionalidades. Conforme os dados da Apple, a cada três produtos vendidos, dois ainda estão ativos.

Dos mais de 2 bilhões de produtos Apple que foram aposentados pelos consumidores, pelo menos 1,3 bilhões ainda estão ativos. Ou seja, os usuários compram novos itens da marca antes mesmo que o aparelho antigo pare de vez de funcionar. 

Para continuar ostentando um iPhone nas redes sociais é necessário comprar o smartphone já sabendo que a história de amor pela marca tem data certa para acabar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos