Mercado abrirá em 7 h 31 min

iPhone 14 já está à venda na China, mas com sistema 'falso'; entenda

Versão pirata do iPhone 14 já está a venda na China (Imagem: YouTube/Amazing Unboxing)
Versão pirata do iPhone 14 já está a venda na China (Imagem: YouTube/Amazing Unboxing)
  • Modelo pirata que imita o futuro iPhone foi encontrado sendo vendido na China;

  • Trata-se se um celular Android com sistema que emula o iOS;

  • Características físicas se assemelham às projeções de como deve ser o o iPhone 14.

Ainda estamos a cerca de uma semana do anúncio oficial do iPhone 14 pela Apple, mas certas unidades já estão sendo vendidas na China, de acordo com o portal MacRumors.

Só que os entusiastas não precisam se preocupar de estarem perdendo a estreia do novo iPhone, nem precisam correr para tentar comprar logo o novo modelo. Ocorre que os celulares são modelos falsos, que executam o sistema operacional Android.

Mas de fato, são cópias bem feitas, que tentam imitar em tudo o novo iPhone 14 Pro. O sistema foi desenhado de forma similar ao iOS, enquanto o entalhe superior em formato de pílula que se espera que venha no novo iPhone já foi incluído na imitação. Além disso, o modelo falso também conta com um conjunto maior de câmeras traseiras, que também devem estar presentes no iPhone 14.

Enquanto para alguns a existência desse celular possa soar engraçado, e até mesmo atrair um interesse de curiosidade, para outros tem sido um pesadelo. Há relatos de consumidores que compraram o iPhone 14 pirata pensando estar comprando o modelo verdadeiro da Apple.

O smartphone vem até mesmo numa caixa da Apple que imita as originais do dispositivo, com códigos de barra, adesivos e com os acessórios que costumam vir. Tudo na esperança de enganar consumidores desavisados.

O evento de lançamento da Apple está marcado para o dia 7 de setembro, quarta-feira que vem, e nele serão dados todos os detalhes oficiais do novo iPhone 14, assim como suas versões, seu sistema e especificações, além da data de lançamento oficial, na qual o celular estará disponível para o público através dos meios oficiais.