Mercado abrirá em 7 h 11 min
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,37
    +0,66 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.639,20
    +5,80 (+0,36%)
     
  • BTC-USD

    20.111,84
    +1.316,04 (+7,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    459,93
    +26,83 (+6,20%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.702,66
    -152,48 (-0,85%)
     
  • NIKKEI

    26.551,42
    +119,87 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    11.387,50
    +71,25 (+0,63%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1954
    +0,0160 (+0,31%)
     

iFood lança cartões de vale-refeição e vale-alimentação

·1 min de leitura
BRAZIL - 2019/05/27: In this photo illustration the iFood logo is seen displayed on a smartphone. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Compras poderão ser feitas pelo aplicativo do iFood ou em lojas que aceitem a bandeira Elo (Fotoilustração por Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • iFood entrou no mercado de benefícios

  • Empresa lançou cartão de vale-refeição e vale-alimentação

  • Cartão poderá ser usado no aplicativo de delivery ou em lojas físicas

O iFood anunciou nesta terça-feira (15) o lançamento do cartão iFood Benefícios, de vale-refeição e vale-alimentação. O usuário terá direito a utilizar o benefício no aplicativo de delivery ou então em estabelecimentos que aceitem a bandeira Elo. As informações são do Estadão.

Leia também:

Pequenos e médios empresários não pagarão taxas para oferecer o cartão aos funcionários. Os trabalhadores também ficam isentos de cobrança.

Como funciona

Ao pedir comida pelo iFood, além da opção de pagamentos tradicionais, será possível escolher se o usuário quer utilizar o cartão de benefícios para pagar a compra, já que o valor recebido mensalmente pela empresa também poderá ser associado à carteira digital do aplicativo.

Em lojas físicas, como restaurantes, padarias e supermercados, é só fazer o pagamento como qualquer outro cartão.