Mercado fechará em 2 h 12 min
  • BOVESPA

    109.808,07
    +21,77 (+0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.480,78
    -255,70 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,49
    +0,58 (+1,29%)
     
  • OURO

    1.810,00
    +5,40 (+0,30%)
     
  • BTC-USD

    18.979,46
    -287,19 (-1,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    376,91
    +6,39 (+1,73%)
     
  • S&P500

    3.623,10
    -12,31 (-0,34%)
     
  • DOW JONES

    29.844,38
    -201,86 (-0,67%)
     
  • FTSE

    6.387,14
    -45,03 (-0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.669,75
    +81,55 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.116,25
    +40,25 (+0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3500
    -0,0469 (-0,73%)
     

Hyundai Tucson híbrido plug-in será lançado nos Estados Unidos em 2021

Felipe Ribeiro
·2 minuto de leitura

O Hyundai Tucson foi um dos SUVs que popularizaram o segmento aqui no Brasil, com boa robustez e espaço para sua categoria. Muito embora em sua segunda geração ele tenha perdido fama, o utilitário ainda faz sucesso, sobretudo em outros mercados, como os Estados Unidos. Com isso em vista, a montadora coreana pretende atualizar seu produto mais uma vez, incluindo uma versão híbrida plug-in, já confirmada para a metade do ano que vem na Terra do Tio Sam.

De acordo com o pessoal do Inside EVs, este novo Hyundai Tucson mira uma competição com dois outros SUVs médios eletrificados, o Toyota RAV4, que, por lá, usa uma versão híbrida plug-in na variante "Prime", e o Ford Escape, que também adota um mesmo estilo de motorização. Para situar melhor nosso leitor, o modelo da Toyota, por exemplo, também roda aqui no Brasil, mas com uma opção híbrida convencional, já testada pelo Canaltech.

Estima-se que ele terá uma bateria de 13,8 kWh, que vai proporcionar ao SUV uma autonomia de modo elétrico na casa dos 45 quilômetros. Já o consumo de combustível, quando aliado ao motor elétrico, deve ter um consumo médio de 29,7 km/l, bem parecido com o que vimos no Volvo XC40 Plug-In Hybrid, também avaliado pelo Canaltech.

Nova geração do Hyundai Tucson é bem diferente da que temos aqui no Brasil/ Imagem: Divulgação/ Hyundai
Nova geração do Hyundai Tucson é bem diferente da que temos aqui no Brasil/ Imagem: Divulgação/ Hyundai

A potência estimada ainda não foi revelada, mas, informações mostram que o propulsor elétrico deve ser de 91cv. Pelo porte e estilo do veículo, podemos esperar algo na casa dos 200cv quando somados os motores elétrico e à combustão. Espera-se, também, que o novo Hyundai Tucson chegue com tração integral e novos sistemas de segurança e transmissão.

É bom lembrar que o irmão de plataforma do Tucson, o Kia Sportage, terá no ano que vem versões híbridas plug-in, convencional, leve e 100% elétrica em vários mercados, incluindo os Estados Unidos, onde há uma crescente demanda sobre este tipo de carro

Ainda não há confirmação sobre a chegada da nova geração do Hyundai Tucson ao Brasil, incluindo a híbrida plug-in.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: