Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.354,04
    -56,68 (-0,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,82 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Hyundai retoma produção parcial no Brasil

·1 minuto de leitura

A Hyundai retomou a produção parcial de automóveis no Brasil após alguns dias de paralisação completa. A fábrica de Piracicaba (SP) volta a produzir em apenas um turno depois que um carregamento de semicondutores chegou recentemente à planta. Com isso, carros como o HB20, HB20S, HB20X e Creta terão suas fabricações reiniciadas e as vendas devem sofrer uma leve melhora nas próximas semanas.

Segundo o pessoal do Notícias Automotivas, a Hyundai já se movimenta para resolver a falta de semicondutores em suas fábricas em todo o mundo. A escassez de componentes afeta diversas montadoras, mas os sul-coreanos esperam solucionar a questão mais rápido. A ideia é localizar a produção das peças em vez de comprar de outras fabricantes e países, como a taiwanesa TMSC, a japonesa Renesis e a holandesa TXP.

A fábrica de Piracicaba (SP), quando opera com 100% de capacidade, consegue produzir 210 mil unidades ao ano com os três períodos de trabalho. No atual ritmo, com apenas um turno funcionando, a produção cai para cerca de 70 mil automóveis. Entretanto, já está previsto o retorno dos demais turnos para o próximo dia 26 de julho, quando mais um carregamento de semicondutores deve chegar ao Brasil.

Com o avanço da tecnologia nos carros, o uso de semicondutores é maior (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Com o avanço da tecnologia nos carros, o uso de semicondutores é maior (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Além da Hyundai, Volkswagen e General Motors também estão com sua produção limitada ou paralisada por conta da escassez de semicondutores.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos