Mercado fechado

Hyundai Motor suspende produção por coronavírus na China, diz fonte

Por Joyce Lee e Hyunjoo Jin

Por Joyce Lee e Hyunjoo Jin

SEUL (Reuters) - A Hyundai Motor planeja suspender gradualmente a produção em suas fábricas sul-coreanas a partir desta terça-feira, conforme o surto do coronavírus na China interrompeu o fornecimento de componentes de veículos, disse um funcionário do sindicato da empresa.

Tal medida tornaria a Hyundai a primeira grande montadora global a suspender a produção fora da China devido a interrupções na cadeia de fornecimento causadas pelo surto do vírus, que causou mais de 420 mortes.

A maioria das fábricas da Hyundai na Coreia do Sul ficará totalmente ociosa de 7 a 10 ou 11 de fevereiro, disse o funcionário, que se recusou a ser identificado devido à sensibilidade do assunto.

A suspensão das operações, que foi discutida pela administração da Hyundai desde segunda-feira, ocorreu devido à escassez do chicote de fiação para os automóveis, disseram autoridades da indústria automobilística à Reuters anteriormente. A montadora não mantinha um estoque grande da peça, a maioria fabricada em duas linhas de produção chinesas de duas empresas sul-coreanas.

Uma porta-voz da Hyundai Motor não fez comentários imediatos.

A Coreia do Sul importou 1,56 bilhão de dólares em peças de automóveis da China em 2019, acima dos 1,47 bilhões em 2018, de acordo com dados comerciais.