Mercado abrirá em 2 h 24 min
  • BOVESPA

    108.651,05
    +248,77 (+0,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.241,81
    -113,05 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,60
    -0,90 (-0,99%)
     
  • OURO

    1.809,90
    -2,40 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    23.059,88
    -335,62 (-1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    536,17
    -21,18 (-3,80%)
     
  • S&P500

    4.122,47
    -17,59 (-0,42%)
     
  • DOW JONES

    32.774,41
    -58,13 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.491,89
    +3,74 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    19.610,84
    -392,60 (-1,96%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.068,00
    +36,50 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2626
    +0,0299 (+0,57%)
     

Hyundai lançará um carro elétrico barato, confirma executivo

A eletrificação parece mesmo fazer parte do futuro da Hyundai. Depois de apresentar por completo o Ioniq 5 e de confirmar o sedã Ioniq 6 ainda para 2022, a marca sul-coreana quer ampliar sua participação no mercado. Como? Colocando nas ruas um carro elétrico acessível, ou seja, barato.

A montadora confirmou que pretende lançar mais 11 modelos totalmente elétricos até 2030 e, entre eles, o de entrada, que pode ser o i10 remodelado. A má notícia, pelo menos para o público brasileiro, que está pegando o gosto por este segmento, é que, a princípio, o carro elétrico barato da Hyundai deverá ficar restrito ao mercado europeu.

Andreas-Christoph Hofmann, head de marketing da Hyundai para a região, foi quem fez o anúncio durante participação em um Congresso realizado em Praga. O executivo revelou, inclusive, a faixa de preço em que o futuro carro elétrico acessível da montadora coreana deve se posicionar: 20 mil euros.

Carro elétrico barato da Hyundai pode ser a versão renovada do i10, lançado em 2020 (Imagem: Divulgação/Hyundai)
Carro elétrico barato da Hyundai pode ser a versão renovada do i10, lançado em 2020 (Imagem: Divulgação/Hyundai)

Venda de elétricos impulsionou Hyundai

A vontade da Hyundai de investir alto em carros elétricos não surgiu do nada. Hofmann revelou que os números da montadora sul-coreana no 1º semestre de 2022 foram animadores na Europa, justamente por conta do aumento da procura dos consumidores por carros deste segmento.

Segundo o executivo, a fatia de mercado da Hyundai na União Europeia e no Reino Unido cresceu de 3,7% para 4,7%, com os veículos elétricos ficando responsáveis por 16% do total de vendas entre janeiro e o fim de junho. A intenção, agora, é expandir ainda mais essa margem. “Estamos confiantes para o 2º semestre”, concluiu.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos