Mercado abrirá em 6 h 9 min
  • BOVESPA

    107.937,11
    -1.004,57 (-0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.890,59
    -708,79 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,64
    +0,33 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.842,50
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    36.087,52
    +109,62 (+0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    821,53
    +10,93 (+1,35%)
     
  • S&P500

    4.410,13
    +12,19 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.364,50
    +99,13 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.113,13
    -475,24 (-1,72%)
     
  • NASDAQ

    14.318,50
    -182,50 (-1,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2127
    -0,0160 (-0,26%)
     

Hyundai e Kia esperam aumento nas vendas de automóveis em 2022

·1 min de leitura
Sede da Hyundai em Seul, Coreia do Sul

Por Heekyong Yang e Joyce Lee

SEUL (Reuters) - A sul-coreana Hyundai e a afiliada Kia previram nesta segunda-feira que suas vendas globais combinadas aumentarão 12,1% em 2022, mesmo com as vendas do ano passado ficando abaixo da meta devido à escassez global de chips.

As montadoras venderam 6,67 milhões de veículos em 2021, cerca de 3,7% a menos do que a meta combinada de 6,92 milhões de unidades, em grande parte devido a problemas de abastecimento de componentes.

Os grupos agora planejam vendas globais de 7,47 milhões de veículos este ano.

"Em 2022, a Hyundai Motor planeja expandir sua participação no mercado e fortalecer a lucratividade por meio de esforços para estabilizar o fornecimento e a demanda de chips, ajustar os cronogramas de produção de veículos, fortalecer as linhas de veículos elétricos, bem como otimizar os lucros e perdas de vendas por região", disse a Hyundai em uma declaração.

Lee Jae-il, analista da Eugene Investment & Securities, espera que o consumo de veículos permaneça forte em 2022, sustentada pela demanda reprimida de consumidores que não puderam comprar modelos novos no ano passado devido à escassez de oferta.

"Parece que a escassez de chips tem mostrado alguns sinais de diminuição ... no entanto, o aumento dos preços das matérias-primas provavelmente terá um impacto em sua lucratividade", acrescentou Lee.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos