Mercado fechará em 4 h 11 min
  • BOVESPA

    113.259,52
    -23,15 (-0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.499,44
    +393,73 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,47
    +1,49 (+2,01%)
     
  • OURO

    1.751,20
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    43.122,73
    -240,74 (-0,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.074,11
    -27,41 (-2,49%)
     
  • S&P500

    4.442,53
    -12,95 (-0,29%)
     
  • DOW JONES

    34.917,64
    +119,64 (+0,34%)
     
  • FTSE

    7.064,41
    +12,93 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.155,75
    -163,00 (-1,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2680
    +0,0124 (+0,20%)
     

Hyundai confirma chegada do SUV Ioniq 7 para fechar line-up da família elétrica

·2 minuto de leitura

A família elétrica da Hyundai, criada pela marca em agosto de 2020, e que já teve revelados dois integrantes, vai ficar maior. Depois de confirmar a fabricação do Ioniq 5, carro de entrada da marca no setor, e do sedã Ioniq 6, a fabricante sul-coreana anunciou, nesta quinta-feira (9), o Ioniq 7, SUV que fechará o novo line-up.

Em uma postagem no Twitter, a Hyundai reforçou o compromisso de eletrificar toda a frota até 2035 na Europa e até 2040 nos demais mercados que ela considera principais. A ação faz parte do planejamento chamado Carbon Neutrality 2045, ou seja, de zerar a emissão de carbono na produção da empresa até 2045. “Eletricidade é o novo combustível”, comentou Thomas Schemera, Vice-presidente Executivo Global da Hyundai Motor Company, também na rede social.

Apesar de a imagem postada no Twitter não dar muitas dicas sobre o visual do Ioniq 7, é perceptível que, por se tratar de um SUV, ele será uma versão mais “esticada” do Ioniq 5, construído em cima da plataforma EV E-GMP da marca. A foto, escurecida propositalmente para a publicação, deixa evidentes os traços futuristas do SUV, ressaltados pelas luzes de LED diurnas posicionadas verticalmente no para-choque.

Bateria e autonomia “absurdas”

O que foi revelado até o momento no IAA Mobility 2021, em Munique, é que o novo Ioniq 7 usará uma bateria SK Innovation. Ela será de 800 volts, com capacidade de 100 kWh. Isso significa que ela terá a mesma velocidade absurda de carregamento prometida para o Ioniq 5, que, segundo a marca, é mais rápida do que a da Tesla.

Em termos práticos, podemos dizer que carregar a bateria de um Ioniq 5 (e, talvez, do SUV elétrico) de 10% a 80% leva apenas 18 minutos, metade do tempo que um Tesla levaria. Isso acontece porque a plataforma E-GMP tem um sistema de carregamento de 800 volts, contra 400 volts da montadora estadunidense.

Além disso, vale ressaltar a excepcional autonomia prometida pela marca para quem estiver interessado em comprar o Ioniq 7, de 483 quilômetros. A autonomia gigante também foi exaltada quando do anúncio do sedã da família elétrica da Hyundai, o Ioniq 6, lembra? Em reportagem, o Green Car Reports sugeriu que a bateria do Ioniq 6 irá de 72,6 kWh para 77,4 kWh, colocando o veículo em um patamar parecido com os da Tesla, referências no segmento de carros elétricos quando o assunto em pauta é autonomia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos