Mercado abrirá em 7 h 9 min
  • BOVESPA

    111.878,53
    +478,62 (+0,43%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.674,83
    +779,20 (+1,82%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,16
    -0,12 (-0,27%)
     
  • OURO

    1.837,80
    +7,60 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    19.081,34
    -0,01 (-0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    374,35
    +9,44 (+2,59%)
     
  • S&P500

    3.669,01
    +6,56 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    29.883,79
    +59,87 (+0,20%)
     
  • FTSE

    6.463,39
    +78,66 (+1,23%)
     
  • HANG SENG

    26.682,16
    +149,58 (+0,56%)
     
  • NIKKEI

    26.786,15
    -14,83 (-0,06%)
     
  • NASDAQ

    12.465,50
    +11,25 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3612
    +0,0414 (+0,66%)
     

Humanidade viverá mais com novas tecnologias: "Os novos 100 serão os antigos 60"

Fernando Rocha
·1 minuto de leitura

A engenharia e futurista Martha Gabriel é a convidada da semana do ‘É Normal?’ e ela explica que já estamos vivendo o futuro em alguns aspectos. Uma prova disso é a longevidade da vida humana. “Os novos 100 serão os antigos 60”, compara ela.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Com as tecnologias que temos hoje em dia, estamos vivendo mais e melhor”, justifica a especialista. Inteligência Artificial, Internet das coisas, Big Data, Impressão 3D, Nanotecnologia, entre outras coisas, facilitam a vida das pessoas.

Veja também

“Isso pode substituir partes dos nossos corpos que não funcionam mais, ampliar nossa visão, transformar nossa mobilidade, criar exoesqueletos”, enumera Martha. “O ser humano está se tornando um híbrido cada vez mais forte com a tecnologia, e esse deve ser o caminho daqui para frente”, conclui.

Assista ao vídeo acima e veja outras implicações que a tecnologia pode causar futuramente da vida das pessoas.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube