Mercado abrirá em 4 h 44 min
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,33
    -0,63 (-0,76%)
     
  • OURO

    1.776,70
    +6,20 (+0,35%)
     
  • BTC-USD

    63.903,46
    +1.710,88 (+2,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.479,59
    +16,24 (+1,11%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.210,92
    -6,61 (-0,09%)
     
  • HANG SENG

    26.052,54
    +265,33 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.375,25
    -23,25 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5114
    +0,0152 (+0,23%)
     

Hugo Calderano conquista maior título da carreira no tênis de mesa

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***OCHSENHAUSEN, ALEMANHA, 02.04.2018 - HUGO-CALDERANO -  Hugo Calderano revelação do Tênis de mesa brasileiro, (Foto: Douglas Pingituro/ Folhapress, ESPORTE)
***ARQUIVO***OCHSENHAUSEN, ALEMANHA, 02.04.2018 - HUGO-CALDERANO - Hugo Calderano revelação do Tênis de mesa brasileiro, (Foto: Douglas Pingituro/ Folhapress, ESPORTE)

Hugo Calderano, 25, venceu neste sábado (25) uma das principais etapas do Circuito Mundial de tênis de mesa, a WTT Star Contender, em Doha, no Qatar. 

Atual oitavo colocado no ranking da modalidade, ele veceu o esloveno Darko Jorgic por 4 sets a 2, com parciais de 11/5, 6/11, 10/12, 11/9, 11/3 e 11/9. Jorgic ocupa a 25ª colocação no ranking. 

Leia também:

Até chegar à final, Calderano venceu o inglês Liam Pitchford, também neste sábado, além do francês Simon Gauzy, o sul-coreano Jonghoon Lim e o paraguaio Marcelo Aguirre. 

Calderano já disputou uma final de etapa do circuito que equivale hoje ao Star Contender, em 2018, quando ficou com a prata, também em Doha. Em sua carreira, foi ainda vice do Aberto da Áustria em 2016 e bronze no ITTF Grand Finals, em 2018, na Coreia do Sul. Ele venceu o Aberto do Brasil em 2013 e 2017, mas o torneio é considerado de nível menor, em relação às outras conquistas. 

Na Olimpíada de Tóquio, Calderano chegou até as quartas de final, melhor resultado da história para o Brasil. Ele é o atual bicampeão dos Jogos Pan-Americanos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos