Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.000,94
    +1.122,41 (+1,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.811,53
    +136,70 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,65
    +0,37 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.842,80
    +12,60 (+0,69%)
     
  • BTC-USD

    19.350,15
    +401,25 (+2,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,32
    +5,91 (+1,58%)
     
  • S&P500

    3.669,44
    +0,43 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    30.011,91
    +128,12 (+0,43%)
     
  • FTSE

    6.490,27
    +26,88 (+0,42%)
     
  • HANG SENG

    26.728,50
    +195,92 (+0,74%)
     
  • NIKKEI

    26.809,37
    +8,39 (+0,03%)
     
  • NASDAQ

    12.482,75
    +28,50 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2360
    -0,0838 (-1,33%)
     

Hugo brilha e Flamengo vence o Athletico na Copa do Brasil

LANCE!
·3 minuto de leitura
Bruno Henrique comemora o gol da vitória do Flamengo (Gabriel Machado/AGIF)
Bruno Henrique comemora o gol da vitória do Flamengo (Gabriel Machado/AGIF)

O gol foi de Bruno Henrique, mas o protagonista da vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Athletico, na ida das oitavas de final da Copa do Brasil, foi o goleiro Hugo Souza, o Neneca. Com grande atuação, em especial no segundo tempo, o camisa 45 segurou o Furacão e o time de Domènec Torrent deu um passo importante para a classificação. Na próxima quarta, o duelo é no Maracanã.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Com o resultado, o Rubro-Negro do Rio de Janeiro terá a vantagem do empate na partida decisiva. O Furacão, por sua vez, precisará vencer por dois ou mais gols para avançar às quartas de final da Copa sem a necessidade dos pênaltis.

Leia também:

PRIMEIRO TEMPO TRANQUILO PARA O FLAMENGO

De maneira até surpreendente, Dome Torrent colocou uma equipe em campo muito próxima à considera ideal do Flamengo. As mudanças mais significativas foram na zaga - Léo Pereira e Noga nos lugares de Natan e Gustavo Henrique -. Do meio para frente, Bruno Henrique apareceu entre os titulares, no lugar de Gerson. Assim, "cada vez mais no automático", como deseja o técnico, o Rubro-Negro teve o domínio do primeiro tempo e abriu o placar aos 19 minutos.

A dobradinha pela direita, entre Isla e Everton Ribeiro, funcionou bem mais uma vez. Por ali, o Flamengo já havia chegado com perigo em lance que Pedro finalizou rente à trave. Na sequência, Isla cruzou, o centroavante ganhou pelo alto do goleiro Santos e a bola ofereceu-se para Bruno Henrique, que marcou seu 50º gol com o Manto. São 91 partidas do atacante pelo clube desde 2019.

Ao Athletico, faltou velocidade na troca de passes para superar a encaixada marcação do Flamengo, que com as boas atuações dos laterais e o apoio de Vitinho e Bruno Henrique, evitaram os lances adversários pelo lado do campo. A principal alternativa do Furacão antes do intervalo foi o pivô com Walter, que levou vantagem nos duelos com Léo Pereira e Noga, mas não venceu Neneca.

FURACÃO CRESCE; NENECA SEGURA A VITÓRIA!

O cenário mudou drasticamente na volta do intervalo: com Léo Cittadini, enfim, entrando na partida, o Athletico passou a mandar na partida. Uma sequência de finalizações até os 20 minutos mostraram que o gol de empata do Furacão estava maduro. Contudo, lá estava o goleiro Neneca. As defesas do camisa 45 mantiveram o time carioca em vantagem, e confirmaram que a opção feita pelo treinador espanhol, ao mantê-lo como titular do time, era mesmo a acertada.

Aos 31, os dois melhores jogadores do Athletico construíram bom lance: Walter, na entrada da área, encontrou Cittadini, que foi derrubado por Renê. Com o auxílio do VAR, o pênalti foi confirmado. O próprio camisa 9 foi para a cobrança, a estrela de Neneca brilhou mais uma vez: defendeu a finalização de Walter. O Athletico "sentiu", e o Flamengo, apesar de um susto ou outro, segurou o 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 0X1 FLAMENGO

Estádio:
Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 28 de outubro de 2020, às 21h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Alessandro Alvaro R. de Matos (Fifa/BA) e Celso Luiz da Silva (MG)
Gols: Bruno Henrique (19'/1ºT)
Cartão amarelo: A (ATH); Isla e Renê (FLA)
Cartão vermelho: Não houve.

ATHLETICO (Técnico: Paulo Autuori)

Santos; Erick, Zé Ivaldo, Aguilar e Márcio Azevedo (Abner Vinícius, 27'/2ºT); Richard (Wellington, 27'/2ºT), Christian (Lucho González, 27'/2ºT) e Léo Cittadini; Nikão, Reinaldo (Carlos Eduardo, 35'/2ºT) e Walter (Fabinho, 40'/2ºT).

FLAMENGO (Técnico: Domènec Torrent)

Hugo; Isla, Noga, Léo Pereira e Filipe Luís (Renê, 12'/2ºT); Thiago Maia, Willian Arão, Everton Ribeiro e Vitinho (Daniel Cabral, 21'/2ºT); Bruno Henrique e Pedro (Gustavo Henrique, 39'/2ºT).

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos