Mercado abrirá em 4 h 29 min

Luciano Huck: ‘mais pobres pagam conta do negacionismo’

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Luciano Huck (reprodução/instagram @lucianohuck)
Luciano Huck (reprodução/instagram @lucianohuck)

O apresentador Luciano Huck, que articula a possibilidade de se candidatar à presidência da República, se manifestou nas redes sociais sobre o atual estado da economia brasileira, e como ele enxerga a situação política.

Leia também:

Ele falou especificamente sobre a disparada nos preços dos combustíveis, e culpou o que classificou como “negacionismo” e “populismo” em uma referência indireta ao governo de Jair Bolsonaro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

"O preço dos combustíveis não sobe agora por causa da gestão da Petrobras. Principal moeda do mercado não é dólar. É confiança. E negacionismo, populismo e incertezas afundam a confiança no país”, escreveu Huck.

O apresentador falou ainda que são “os mais pobres” que “pagam” a conta do que ele classificou como políticas equivocadas do governo.

“E quem paga esta conta? Os mais pobres com inflação, desemprego, queda na renda etc.”

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube