Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,66
    +0,61 (+0,85%)
     
  • OURO

    1.783,50
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    50.584,77
    -11,28 (-0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.320,56
    +15,44 (+1,18%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.860,62
    +405,02 (+1,42%)
     
  • NASDAQ

    16.383,00
    +65,00 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2761
    -0,0636 (-1,00%)
     

Huawei pode lançar relógio com medidor de pressão e outros recursos de saúde

·3 min de leitura

A Huawei pode lançar em breve um smartwatch com medidor de pressão embutido. Mesmo que o recurso não seja inédito no mercado, ele ainda é limitado a produtos de companhias menos conhecidas — mas isso parece estar prestes a mudar. De acordo com o perfil Changan Digital King em publicação na rede social chinesa Weibo, é possível que a Huawei apresente esse novo produto nos próximos meses.

Huawei viu suas vendas de relógio despencarem em um ano (Imagem: Divulgação/Huawei)
Huawei viu suas vendas de relógio despencarem em um ano (Imagem: Divulgação/Huawei)

Além disso, o presidente de produtos móveis da Huawei, He Gang, já afirmou que a companhia deverá lançar um wearable com essa tecnologia em algum momento, pois protótipos de smartwatch com medidores de pressão já teriam passado por testes obrigatórios para certificação de dispositivos médicos. Especulações apontavam para uma possível apresentação do produto para este mês de novembro, mas, até o momento, não foram divulgadas imagens ou outros detalhes sobre o dispositivo.

Em outubro, um órgão regulador da província de Guangdong, na China, divulgou uma lista de produtos que foram aprovados com eletrocardiograma a nível médico e medidor de pressão. Portanto, o produto também deverá identificar possíveis irregularidades nos batimentos cardíacos e monitorar supostas doenças, assim como outros relógios já disponibilizados no mercado atual. Mesmo que tragam esses recursos de forma nativa, as regulamentações não substituem o uso de equipamentos específicos para tais finalidades, tampouco as idas frequentes ao médico.

A Huawei ainda registrou o nome Huawei Watch D na Agência Europeia de Propriedade Intelectual (EUIPO), ou seja, essa deverá ser a nomenclatura oficial do novo dispositivo. Caso a data de lançamento que vem sendo especulada esteja correta, é possível que a marca comece a apresentar teasers e outros conteúdos similares sobre o relógio — porém, até o momento, os rumores nesse sentido não passam de especulação.

Próximo Apple Watch deve trazer mais funções de bem estar

Apple Watch Series 8 poderá vir até com medidor de níveis de glicose no sangue, mas recurso não está confirmado (Imagem: Divulgação/Apple)
Apple Watch Series 8 poderá vir até com medidor de níveis de glicose no sangue, mas recurso não está confirmado (Imagem: Divulgação/Apple)

De acordo com o conhecido analista Ming-Chi Kuo, a Apple pretende implementar no próximo Apple Watch recursos como registro de temperatura corporal e monitor de fertilidade, além de melhorias na detecção de irregularidades nos batimentos cardíacos. A aferição de pressão sanguínea também é uma possibilidade para o próximo relógio da Maçã, mas nada está confirmado.

Uma função bastante esperada para múitos usuários e que também pode chegar na próxima geração dos relógios é o monitoramento não-invasivo de níveis de glicose no sangue. Com o recurso, diabéticos não precisariam passar por testes dolorosos para fazer essas verificações diariamente, mas esse tipo de tecnologia precisaria funcionar com uma precisão bastante alta para evitar situações mais graves. Por isso a Apple deverá ter cautela e só lançar essa assistência quando ela for completamente efetiva.

O mercado de relógios inteligentes segue em crescimento. Prova disso é que a Apple já entregou mais de 7,9 milhões de unidades entre abril e junho de 2021 — uma fatia de mercado próxima a 31,1%. Por outro lado, a Huawei viu a sua base de consumidores diminuir consideravelmente no perídodo de apenas um ano, em uma redução de 18% para 9% no mercado global de smartwatches.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos