Mercado abrirá em 5 h 26 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,24
    +3,09 (+4,53%)
     
  • OURO

    1.797,20
    +9,10 (+0,51%)
     
  • BTC-USD

    57.496,69
    +3.081,47 (+5,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.436,31
    -19,10 (-1,31%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    23.826,41
    -254,11 (-1,06%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.212,25
    +161,25 (+1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3008
    -0,0477 (-0,75%)
     

Huawei pode lançar novo celular dobrável no começo de 2022

·2 min de leitura

A Huawei já está pronta para lançar sua nova geração de celulares dobráveis. O último dispositivo do tipo lançado pela marca, o Huawei Mate X2, chegou às lojas em fevereiro do ano passado e a chinesa deve apresentar seu sucessor — o Huawei Mate X3 — durante o primeiro trimestre de 2022.

As informações foram compartilhadas pelo leaker Digital Chat Station em seu perfil no Weibo. Segundo os detalhes, o smartphone deve ser anunciado logo no começo do ano, possivelmente durante o mês de fevereiro.

Por enquanto, poucas informações são conhecidas sobre o aparelho, mas ele deve seguir o design de seus antecessores e a marca pode se “inspirar” bastante no visual do Galaxy Z Fold 3, com um aparelho com dobra vertical como um livro. Dessa forma, ele terá uma configuração com dois displays — um pequeno externo e um maior para ser utilizado no modo tablet.

(Imagem: Reprodução/LetsGoDigital)
(Imagem: Reprodução/LetsGoDigital)

Além disso, ainda não sabemos muito sobre as especificações e a marca pode optar por utilizar o chipset Kirin 9000 feito em casa ou preferir uma alternativa da Qualcomm, como o Snapdragon 898. Vale destacar que outro flagship da marca, o Huawei Mate 50, também deve utilizar o componente desenvolvido pela empresa de San Diego, e em ambos os casos o chipset deve ficar restrito ao uso de redes 4G.

Alguns rumores também sugerem que a Huawei já trabalha no desenvolvimento de um display que utiliza a tecnologia POL-LESS LED da Samsung, o que permite que ele alcance um brilho de 20 a 30% mais forte do que os painéis convencionais. O modelo também deve contar com um sensor de impressões digitais embutido abaixo do display.

Concorrente ao Galaxy Flip e nova geração flagship

Huawei pode lançar competidor para o Galaxy Z Flip 3 (Imagem: Divulgação/Samsung)
Huawei pode lançar competidor para o Galaxy Z Flip 3 (Imagem: Divulgação/Samsung)

Além do Huawei Mate X3, a fabricante chinesa também deve apresentar, no começo do ano, a nova geração de flagships Huawei Mate 50. Os modelos devem ser apresentados ainda no começo de 2022, então não seria surpresa se as duas linhas chegassem ao mesmo tempo, em fevereiro.

Por fim, a marca também estaria com planos de abrir outra concorrência frente a Samsung e lançar um possível competidor para o Galaxy Z Flip 3. Esse celular, que também teria um design que se abre em concha, pode chegar ao mercado para estrear a linha Huawei Mate V, mas ainda não há informações mais detalhadas sobre seu desenvolvimento, então não sabemos se ele chegará tão cedo às lojas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos