Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,65 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,15
    -0,12 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.854,30
    -1,90 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    32.844,00
    +54,68 (+0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    669,72
    +59,73 (+9,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,02 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.718,64
    +270,79 (+0,92%)
     
  • NIKKEI

    28.755,12
    +123,67 (+0,43%)
     
  • NASDAQ

    13.438,50
    +77,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6547
    +0,0027 (+0,04%)
     

Huawei planeja lançar loja de apps e navegador próprio no PC, indica rumor

Diego Sousa
·2 minuto de leitura

Além da loja de aplicativos AppGallery, a Huawei estaria com planos de lançar versões para PC de outros serviços atualmente disponíveis apenas em smartphones e tablets da marca, como o navegador Huawei Browser e o Huawei Mobile Services (HMS). Ao que tudo indica, a fabricante pretende integrar ainda mais seu ecossistema com o lançamento do HarmonyOS para dispositivos móveis.

Como se pode observar na captura de tela abaixo, compartilhada por um informante no microblog chinês Weibo, é possível ver o pacote de aplicativos e serviços da Huawei, o HMS, que vem instalado por padrão no dispositivo. Ele consiste nos serviços Huawei Cloud, Huawei ID, Huawei Browser, AppGallery, Huawei Assistant e Huawei Quick Apps.

Huawei já estaria trabalhando na versão para PC dos seus serviços (Image: Reprodução/Weibo)
Huawei já estaria trabalhando na versão para PC dos seus serviços (Image: Reprodução/Weibo)

Segundo as informações, o AppGallery para PC funcionaria de maneira semelhante à Microsoft Store, ou seja, uma plataforma onde os usuários poderão instalar programas no computador. Ao que parece, a loja manteria os smartphones, laptops e desktops da empresa funcionando em sincronia. Além disso, os desenvolvedores poderiam desenvolver apps especificamente para o desktop com o conjunto de ferramentas para desenvolvedor.

Além disso, a Huawei trabalha em aprimorar os recursos de colaboração em várias telas com a função Multi-screen Collaboration, que aproveita a função NFC disponível em alguns notebooks da linha MateBook para exibir na tela do computador até três aplicativos diferentes do celular, semelhante à integração prometida entre o Galaxy Note 20 e o Windows 10. Com ela também é possível exibir a tela do smartphone no tablet ou notebook, usar aplicativos ou arrastar arquivos entre dois dispositivos.

(Imagem: Reprodução/Weibo)
(Imagem: Reprodução/Weibo)

HarmonyOS: alternativa ao Android — e também ao Windows

Atualmente, o sistema Harmony OS já funciona em computadores, relógios inteligentes, carros elétricos e terminais domésticos automatizados. A ideia, aqui, é criar um ecossistema inteiramente conectado, sem depender de outras soluções, como o Android. Inclusive, em agosto o CEO da divisão de consumo da Huawei, Richard Yu, declarou que o SO poderá não apenas substituir o Android nos celulares, como também o Windows no PC.

Com relação ao seu pacote de serviços Huawei Mobile Services, dados da empresa afirmam que já são 2 milhões de desenvolvedores globais, um aumento de 98% em um ano, e 500 milhões de usuários ativos por vez utilizando a loja de apps AppGallery. Recentemente, o ecossistema recebeu importantes atualizações, como a adição do Petal Search e Maps, com a intenção de disputar mercado com o Google Mapas e Pesquisa do Google.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: