Mercado fechado

Huawei P Smart 2021 chega a mais um país com 4 câmeras e sem apps do Google

Diego Sousa
·3 minutos de leitura

A Huawei lançou nesta sexta-feira (9) o smartphone básico P Smart 2021 no Reino Unido. O modelo já havia sido apresentado na Áustria na semana passada e traz uma tela gigante de 6,67 polegadas e 4 câmeras traseiras, mas sem suporte para os serviços do Google, consequência das sanções impostas pelo governo norte-americano contra empresa chinesa.

Visual premium, configurações básicas

O P Smart 2021 tem um visual que oferece algumas semelhanças em relação à linha premium P40 da Huawei, como o módulo de câmeras retangular na tampa traseira e a tela com furo para o sensor de selfies.

Por falar em display, ele conta com 6,67 polegadas de tamanho, resolução Full HD+ e painel IPS LCD, configurações que podem agradar quem procura um smartphone para assistir filmes e jogar, ainda mais considerando a presença da entrada de 3,5 mm para fones de ouvido.

Smartphone tem algumas semelhanças visuais com o P40 Pro (Foto: Divulgação/Huawei)
Smartphone tem algumas semelhanças visuais com o P40 Pro (Foto: Divulgação/Huawei)

Já que estamos falando de um celular da linha básica da Huawei, não surpreende que o modelo seja equipado com o chipset Kirin 710A da própria empresa. Apesar de ter sido oficializado em maio deste ano, ele é uma versão menos potente do Kirin 710, lançado em 2019 e que equipa intermediário P30 lite.

O chipset trabalha com 4 GB de memória RAM e 128 GB de espaço interno, que podem ser expandidos via cartão de memória. O smartphone é alimentado por uma bateria de 5.000 mAh, que promete muitas horas longe da tomada devido ao processamento menos exigente. Uma novidade do smartphone é que ele tem recarga de 22,5 W, o que é mais rápido que muitos modelos mais potentes lançados neste ano.

Com relação ao conjunto fotográfico, o Huawei P Smart 2021 oferece quatro câmeras na traseira: a principal é de 48 MP, seguida por uma ultra grande-angular de 8 MP, uma macro de 2 MP e uma de profundidade, também de 2 MP. Para selfies, há um sensor de 18 MP.

Sem serviços do Google

Como você já deve saber, todos os smartphones da Huawei lançados após maio de 2019 não possuem suporte para os serviços do Google, decorrência das sanções impostas pelos Estados Unidos contra a Huawei.

Em poucas palavras, o governo Trump impediu a fabricante chinesa de fazer negócios com companhias que utilizam tecnologias norte-americanas, casos do Google com os serviços para Android e, mais recentemente, da ARM com suas CPUs Cortex.

Aparelho será comercializado sem os apps do Google (Foto: Divulgação/Huawei)
Aparelho será comercializado sem os apps do Google (Foto: Divulgação/Huawei)

Em vez do Google Mobile Services, o P Smart 2021 traz o Huawei Mobile Services (HMS) com a interface EMUI 10.1 sob o sistema Android 10. Apesar de não ser tão popular quanto o GMS, as soluções da chinesa para não depender do Google têm rendido bons números para empresa, além de um maior suporte por parte de desenvolvedores de aplicativos.

Preço e disponibilidade

O Huawei P Smart 2021 chegará ao mercado inglês no dia 22 de outubro em três opções de cores: Crush Green (verde), Blush Gold (dourado) e Midnight Black (preto). Seu preço sugerido será de 200 euros (R$ 1,3 mil em conversão direta), uma categoria que possui grandes concorrentes como Moto G8 Power Lite e Redmi Note 9.

Você acredita que o Huawei P Smart 2021 tem o "Q" a mais para valer o investimento? Ou a falta dos serviços do Google farão falta? Conte-nos abaixo, nos comentários!

Huawei P Smart 2021: ficha técnica

  • Tela: 6,67 polegadas, Full HD+, IPS LCD, 60 Hz;

  • Chipset: Kirin 710A;

  • Memória RAM: 4 GB;

  • Armazenamento interno: 128 GB;

  • Câmera traseira: 48 MP + 8 MP + 2 MP + 2 MP;

  • Câmera frontal: 18 MP;

  • Dimensões: 165,7 x 76,9 x 9,3 mm;

  • Peso: 206 gramas;

  • Bateria: 5.000 mAh;

  • Extras: leitor de digitais na lateral, Bluetooth 5.1, 3,5 mm jack, USB-C, recarga rápida de 22,5 W;

  • Cores disponíveis: verde, dourado e preto;

  • Sistema operacional: Android 10 sob a interface EMUI 10.1 (sem GMS).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: