Mercado fechado

Huawei oficializa venda da submarca Honor

Rubens Eishima
·1 minuto de leitura

A Huawei divulgou um comunicado nesta terça-feira (17) informando que chegou a um acordo para a venda da subsidiária Honor. A marca de celulares será transferida para a Shenzhen Zhixin New Information Technology Co., Ltd. e, segundo a Huawei, a nova empresa será totalmente independente.

De acordo com a gigante chinesa, a venda tem como justificativa a “persistente indisponibilidade de elementos técnicos necessários para o negócio de celulares”. A afirmação confirma informes publicados aqui no Canaltech relatando a falta de estoques de componentes causada pelas sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos.

A Huawei não informou um prazo para a conclusão da transferência, nem as cifras envolvidas na negociação, mas o comunicado indica que toda a marca Honor — que vende não apenas celulares, como também tablets, smartwatches e notebooks — terá sua própria estrutura e equipe.

Segundo o fabricante chinesa, a nova dona da Honor é formada por um consórcio com mais de 30 empresas atualmente envolvidas na cadeia de produção e distribuição da marca.

Resta saber se as sanções determinadas pelo governo norte-americano serão estendidas à nova empresa, acusada sem provas pela administração do presidente Donald Trump de ceder dados ao governo do partido comunista chinês.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: