Mercado fechado

Huawei Mate XS tem estoque esgotado em questão de segundos na China

Felipe Junqueira

A Huawei apresentou no final de fevereiro o Mate Xs, sucessor do Mate X, mas com poucas novidades. Mesmo assim, se o dispositivo de primeira geração vendia conforme chegava às lojas, não podia ser diferente com o novo modelo, que tem chipset mais potente e dobradiças reforçadas, mantendo quase todos os aspectos do antecessor. O novo modelo esgotou em poucos segundos na China.

Não foi informado o número de Mate Xs colocados à venda, com a Huawei divulgando apenas que todas as unidades foram vendidas em pouco tempo. O único número revelado pela empresa, já há algum tempo, foi de 100 mil unidades vendidas por mês do Mate X. Dividindo esse número por 30, já que a venda foi realizada em apenas um dia, podemos imaginar que foram cerca de 3 mil Mate Xs vendidos.

O Mate Xs é muito parecido com o antecessor (Foto: Reprodução/GSMArena)

A próxima flash sale do dispositivo está marcada para o dia 8 de março na China. Lá, o modelo manteve o mesmo preço do antecessor: CNY 16.999 (cerca de R$ 11.100 na cotação atual). Não é um aparelho barato, mas o público chinês gostou.

Nem precisa dizer que o embargo americano não afetou em nada o desempenho da Huawei em seu país natal. Se muito, ajudou a companhia a crescer ainda mais localmente, já que muitos nativos passaram a apoiar a marca por um sentimento nacionalista.

Há alguns dias, uma reportagem sugeriu que o Google estaria buscando licença para voltar a negociar com a Huawei junto ao governo dos EUA. Porém, novas provas de que a empresa chinesa teria burlado sanções comerciais ao Irã podem piorar a situação da companhia junto à administração Trump.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: