Mercado fechará em 6 h 15 min
  • BOVESPA

    112.063,34
    +1.813,62 (+1,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,73
    +1,24 (+1,76%)
     
  • OURO

    1.775,30
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    42.281,36
    -878,71 (-2,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.055,68
    +15,20 (+1,46%)
     
  • S&P500

    4.371,57
    +17,38 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    34.113,69
    +193,85 (+0,57%)
     
  • FTSE

    7.073,49
    +92,51 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.036,00
    +12,00 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1965
    +0,0174 (+0,28%)
     

Huawei inicia venda de seu "AirPower" antes da Apple

·1 minuto de leitura

Há alguns anos a Apple apresentou um produto conhecido como AirPower. Trata-se de uma base de carregamento sem fio, mas com diferencial de suportar múltiplos dispositivos, sem a necessidade de posicionar o smartphone em um local específico da base.

Anunciado junto do Huawei P50, a Huawei agora iniciou as vendas de um carregador semelhante ao AirPower, que permite carregar até três dispositivos compatíveis com a tecnologia Qi de carga sem fio, chamado de Huawei Multi-Device Smart Wireless Charging Pad.

Ele consegue entregar 15 W de potência de carregamento sem fio para telefones Huawei, tablets, fones de ouvido, relógios inteligentes e outros eletrônicos que suportam carregamento sem fio, além de funcionar com produtos de outras marcas compatíveis com o protocolo Qi, mas com velocidade limitada a 10 watts.

(Imagem: Divulgação/Huawei)
(Imagem: Divulgação/Huawei)

Internamente, ele tem uma composição de 3 camadas de bobinas grandes espalhadas pela base. Depois de o dispositivo ser colocado em cima dela, de forma inteligente, é escolhida uma combinação de bobinas para funcionar.

Quanto à sua segurança, ele tem uma detecção inteligente de objetos estranhos, habilitado de maneira automática quando objetos como chaves ou moedas são colocados em cima dele. Ele é equipado com um chip de controle de temperatura e um sistema de resfriamento para manter uma temperatura segura enquanto os dispositivos são carregados.

Quando a bateria está perto de ser totalmente carregada, o carregador entra de forma automática em um modo de carga lenta para evitar a sobrecarga, proteger a bateria e também a própria base.

Preço e disponibilidade

O carregador da Huawei está disponível em pré-venda na China por 799 yuan, cerca de 650 reais em conversão direta e sem a adição dos impostos nacionais. Não há previsão de lançamento no Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos