Mercado fechará em 55 mins
  • BOVESPA

    130.083,43
    -124,53 (-0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.817,69
    -211,85 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,23
    +1,35 (+1,90%)
     
  • OURO

    1.858,90
    -7,00 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    40.671,43
    +838,95 (+2,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.011,92
    +1,32 (+0,13%)
     
  • S&P500

    4.247,00
    -8,15 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.300,69
    -93,06 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.441,30
    +279,50 (+0,96%)
     
  • NASDAQ

    14.032,00
    -92,75 (-0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1162
    -0,0153 (-0,25%)
     

Huawei diz que usuários não perderão dados ao migrar para o HarmonyOS

·2 minuto de leitura
Huawei diz que usuários não perderão dados ao migrar para o HarmonyOS
Huawei diz que usuários não perderão dados ao migrar para o HarmonyOS

Lançado na China pela Huawei no dia 2 de junho, o HarmonyOS não abandonará os usuários que quiserem migrar os dados do Android para o novo sistema operacional da fabricante chinesa. Assim, conteúdos como fotos, arquivos de documentos, jogos e até mesmo aplicativos continuarão funcionando normalmente, segundo a Huawei.

O serviço de atendimento ao cliente oficial da empresa afirmou ao ItHome que, após o celular ser atualizado da versão EMUI para o HarmonyOS, tudo seguirá igual. “Use a mesma conta, como Huawei ID, número de telefone celular, WeChat ID para fazer login. Os dados relacionados não serão perdidos, e você pode continuar a usá-los”. Essa sem dúvida alguma é uma ótima notícia para os usuários da marca.

Apps do Google

As explicações da Huawei ao portal chinês indicaram que até mesmo alguns aplicativos já baixados na Play Store, deverão seguir funcionando após a migração para o sistema HarmonyOS. Nesse ponto, no entanto, houve um alerta sobre os apps da loja do Google.

Segundo a fabricante, não há a necessidade de fazer o download dos apps novamente, mas, quando eles não forem compatíveis ou não existirem na Huawei App Gallery, não será mais possível fazer qualquer atualização futura que por ventura venha a ser lançada pelo Google e outras empresas. “Preste atenção ao mercado de aplicativos móveis para atualizações subsequentes”, recomenda a empresa.

A Huawei anunciou também que os smartphones da Honor que foram lançados antes do desmembramento das empresas, em novembro do ano passado, também seguirão aptos para receber atualizações e, futuramente, dar aos usuários a opção de migrar para o HarmonyOS sem perder seus dados. Os primeiros smartphones já lançados contemplados com a possibilidade de migração para o novo sistema operacional são os da série Mate 40, Mate 30, P40, Mate X2 e Nova 8.

Outras marcas chinesas, como Xiaomi, Oppo, Vivo e também a Meizu, já haviam demonstrado interessem em trocar o Google pelo sistema operacional da Huawei. Atualmente, o Android, sistema operacional do Google para smartphones, está em cerca de 87% dos celulares do planeta, segundo dados recentes. Boa parte deles, justamente, por conta das fabricantes chinesas, que ocupam três lugares no top 5 de maiores vendedoras de celulares do mundo.

Via GSM Arena

Imagem: Runrun2/Shutterstock