Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.386,35
    -2.523,14 (-6,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Huawei anuncia novos MatePad Pro e MatePad 11 com Snapdragon e HarmonyOS

·3 minuto de leitura

Mesmo com os problemas com o governo norte-americano, a Huawei segue forte no mercado asiático, e hoje (2) apresentou o seu novo sistema operacional, o HarmonyOS. Além disso, a fabricante aproveitou para apresentar três novos tablets, que são os MatePad Pro e MatePad 11.

MatePad Pro

O MatePad Pro chega em duas variantes, sendo uma com tela de 10,8 polegadas e outra com tela de 12,6 polegadas. Apesar da diferença de tamanho, visualmente os dois aparelhos são idênticos. Na frente, eles contam com o display com excelente aproveitamento, tendo então bordas bem finas ao redor da tela, enquanto atrás temos um grande módulo retangular que guarda suas três câmeras. A câmera frontal fica guardada dentro da parte de cima, quando se olha o aparelho no modo paisagem. Vale dizer que ele suporta a caneta M-Pencil e o Smart Magnetic Keyboard.

(Imagem: Reprodução/Huawei)
(Imagem: Reprodução/Huawei)

Curiosamente, a tela inicial do sistema operacional HarmonyOS acaba lembrando muito o iPadOS, da Apple, com uma dock na parte inferior para guardar aplicativos. Tem ainda suporte aprimorado para o uso de mouse, assim como integrações mais bem feitas com smartphones e notebooks da marca, permitindo até mesmo usar o tablet como um segundo monitor.

O MatePad Pro conta com tela OLED com resolução de 2560x1600 pixels e taxa de atualização padrão de 120 Hz. Além disso, o modelo maior traz o processador Kirin 9000E, enquanto o menor, de 10,8 polegadas, tem o chip Qualcomm Snapdragon 870, usado em smartphones como o Motorola Moto G100 e o Poco F3, da Xiaomi. Ambos contam com 8 GB de memória RAM e 128 GB ou 256 GB de espaço para armazenamento interno.

(Imagem: Reprodução/Huawei)
(Imagem: Reprodução/Huawei)

Eles ainda trazem carregamento por fio de 40 watts, carregamento sem fio de 27 watts e carregamento reverso sem fio de 10 watts. Porém, as baterias têm tamanhos diferentes. O de 12 polegadas tem uma célula de 10.000 mAh e o de 10,8 polegadas tem uma de 7.250 mAh. Destaque, por fim, para o sistema de som com quatro alto-falantes com assinatura Harman Kardon.

MatePad 11

(Imagem: Reprodução/Huawei)
(Imagem: Reprodução/Huawei)

O MatePad 11 tradicional muda um pouco. Apesar de ainda ter bordas finas, elas não são tão finas quanto a dos irmãos Pro. Além disso, o módulo de câmera é bem diferente na traseira. Ainda assim, ele ainda tem coisas interessantes. Mantém a saída de som com assinatura Harman Kardon, e traz processador Qualcomm Snapdragon 865, com 6 GB de memória RAM e 128 GB de espaço para armazenamento interno.

A sua tela é de 10,95 polegadas, mas ao invés do OLED dos irmãos, traz tecnologia IPS LCD, com resolução 2.560x1.600 pixels e suporte a taxa de atualização de 120 Hz. Quanto à bateria, a Huawei adicionou aqui uma de 7.250 mAh com suporte a carregamento rápido de 22,5 watts.

Preço e disponibilidade

O Huawei MateBook Pro tem preço oficial de 799 euros, cerca de R$ 4.980 em conversão e sem impostos, no modelo de 12 polegadas, sendo vendido nas cores preto, branco e verde. Infelizmente, não há informação sobre data de início das vendas, nem sobre o preço do irmão menor, de 10,8 polegadas. No caso do MatePad 11, ele custará 399 euros, aproximadamente R$ 2.480 em conversão e sem impostos, também sem informações sobre disponibilidade.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos