Mercado fechará em 4 h 48 min
  • BOVESPA

    109.029,97
    +1.016,50 (+0,94%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.823,23
    -408,97 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,78
    -0,18 (-0,21%)
     
  • OURO

    1.846,30
    +3,10 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    42.443,64
    +285,96 (+0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.009,75
    +15,00 (+1,51%)
     
  • S&P500

    4.532,76
    -44,35 (-0,97%)
     
  • DOW JONES

    35.028,65
    -339,82 (-0,96%)
     
  • FTSE

    7.573,01
    -16,65 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    15.191,25
    +157,75 (+1,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1415
    -0,0259 (-0,42%)
     

Hotel de luxo Maksoud Plaza fecha as portas após 42 anos

·2 min de leitura
Maksoud Plaza Hotel
Nas primeiras décadas de funcionamento, o hotel se consagrou como uma das principais referências em luxo e hospedagem cinco estrelas no Brasil

(Rodrigo Paiva/Getty Images)

  • Hotel Maksoud Plaza fechará suas portas após 42 anos

  • Espaço hospedou grandes nomes, como Frank Sinatra e Margareth Thatcher

  • Em 2020, o hotel havia entrado em recuperação judicial por conta de dívida milionária 

O Maksoud Plaza, icônico hotel inaugurado em 1979 em São Paulo, anunciou nesta terça-feira (7) que fechará suas portas. O espaço era conhecido por ter hospedado celebridades nacionais e internacionais.

Leia também:

Em comunicado, o hotel relembra as mais de três milhões de pessoas que passaram por seus 416 quartos ao longo de 42 anos de funcionamento. Entre eles, estavam grandes nomes, como Frank Sinatra, integrantes dos Rolling Stones, Ray Charles, Catherine Deneuve e Pedro Almodóvar, Margareth Thatcher, entre outros.

Os clientes com reservas agendadas serão reembolsados pelo espaço. A marca Maksoud Plaza continuará a existir.

Crise financeira

Com dívidas estimadas em R$ 81 milhões, o hotel estava em recuperação judicial desde 2020. O fechamento é atribuído à "crise da Covid-19" e ao "plano de reestruturação do Grupo Hidroservice", controlador do espaço. As informações foram divulgadas em nota assinada pela Hidroservice e pela administradora, a HM Hotéis.

Nas primeiras décadas de funcionamento, o hotel se consagrou como uma das principais referências em luxo e hospedagem cinco estrelas no Brasil. Além dos quartos, o espaço contava com casa de espetáculos, teatro, lojas, restaurantes e bares, incluindo o premiado Frank Bar.

No entanto, nos últimos anos o Maksoud Plaza já não contava com todo o glamour de outrora e passou a oferecer hospedagens mais baratas, voltadas à classe média.

Ainda não se sabe o que será do espaço físico do hotel, localizado na Rua São Carlos do Pinhal.

Com informações do UOL

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos