Mercado abrirá em 6 h 46 min
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,26
    +0,18 (+0,25%)
     
  • OURO

    1.776,00
    -7,40 (-0,41%)
     
  • BTC-USD

    32.834,78
    -1.241,05 (-3,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    792,10
    -18,09 (-2,23%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.883,74
    +66,67 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.859,27
    -15,62 (-0,05%)
     
  • NASDAQ

    14.298,75
    +35,75 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9286
    +0,0001 (+0,00%)
     

Honor se torna membro da GSMA, organização mundial de telecomunicações

·2 minuto de leitura

A Honor tem chamado a atenção nas últimas semanas conforme coloca em prática os planos para expandir as operações após a separação da Huawei. Livre das sanções impostas à antiga companhia-mãe, a fabricante está liberada para negociar com empresas norte-americanas e parece querer assumir o espaço deixado pela Huawei no mercado.

Em comunicado divulgado nesta sexta-feira (28), a Honor anunciou mais uma novidade de destaque que a coloca mais próxima de chegar a novos mercados e atingir um público maior — a entrada da marca no grupo GSMA, ou GSM Association, principal órgão de telecomunicações do mundo, representante das maiores fabricantes e operadoras em praticamente todos os países.

Honor é novo membro da GSM Association

A mensagem divulgada pela fabricante revelou a associação à GSMA, além de reforçar os planos de expansão da companhia, que pretende "fortalecer as parcerias estratégicas com outros membros da GSMA". A Honor planeja ainda "criar oportunidades para empoderar a indústria de comunicações móveis em benefício do ecossistema na totalidade".

A associação da Honor à GSMA pode sinalizar a presença da fabricante na MWC deste ano (Imagem: Divulgação/MWC)
A associação da Honor à GSMA pode sinalizar a presença da fabricante na MWC deste ano (Imagem: Divulgação/MWC)

A GSMA também é conhecida por organizar a Mobile World Congress (MWC), feira anual estabelecida em cidades como Barcelona e Los Angeles na qual as principais companhias de tecnologia do mundo, incluindo Qualcomm, Samsung e Xiaomi, divulgam novidades para os próximos meses.

Ainda que o evento já tenha sido seriamente desfalcado por um número significativo de empresas, devidamente preocupadas com aglomerações em meio à pandemia, é possível que a edição de 2021 veja a Honor demonstrar os primeiros celulares verdadeiramente desenvolvidos de maneira independente.

Empresa já fechou parcerias com Qualcomm e Google

Mesmo que esteja separada da Huawei há menos de seis meses, a Honor já estabeleceu parcerias importantes para conquistar uma expansão robusta para o mercado ocidental.

A primeira delas foi fechada com a Qualcomm: o Honor 50 será um dos primeiros smartphones do mundo a chegar equipado com o recém-anunciado Snapdragon 778G, enquanto uma nova versão do Honor Magic, topo de linha premium da companhia, está confirmada para estrear com o Snapdragon 888.

Além do uso garantido de chips Snapdragon em futuros celulares, a Honor enfim voltará a ter acesso aos Google Play Services (Imagem: Reprodução/Honor)
Além do uso garantido de chips Snapdragon em futuros celulares, a Honor enfim voltará a ter acesso aos Google Play Services (Imagem: Reprodução/Honor)

O acordo mais importante, entretanto, foi o estabelecido com a Google para uso dos Google Play Services, elemento do Android fornecido pela gigante das buscas para que celulares tenham acesso a serviços como a Play Store. A ausência desses componentes foi um dos fatores para a queda da Huawei, e um dos motivos pelos quais a Honor foi vendida, considerando sua importância no Ocidente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos