Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,24
    -0,04 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.764,80
    -3,50 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    61.190,67
    +1.673,88 (+2,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.430,53
    -21,11 (-1,45%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.293,00
    +158,50 (+1,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4021
    -0,0017 (-0,03%)
     

Honor anuncia tecnologia de processamento de imagem por múltiplos sensores

·2 minuto de leitura

Em comunicado de imprensa enviado nesta quinta-feira (23), a Honor deu mais detalhes da Ultra Fusion Quad-Camera Photography, uma tecnologia que promete revolucionar a qualidade das fotos tiradas com os smartphones da companhia. A linha Magic 3, lançada em agosto, já traz essa nova forma de processamento, com promessa de maior nitidez e precisão de cores nas imagens.

O recurso funciona com a fusão das informações fornecidas por múltiplos sensores. Quando a lente 1x (ou seja, a principal) está sendo utilizada, o smartphone também aciona um sensor monocromático de alta resolução, que auxilia na captação de melhores níveis de detalhes e texturas.

Tecnologia Ultra Fusion Quad-Camera Photography utiliza sensor principal em conjunto com os auxiliares (Imagem: Divulgação/Honor)
Tecnologia Ultra Fusion Quad-Camera Photography utiliza sensor principal em conjunto com os auxiliares (Imagem: Divulgação/Honor)

Já em capturas de fotos com a lente ultrawide ou telefoto, a tecnologia é capaz de fazer o acionamento simultâneo do sensor principal, e processar as informações de todas as fontes para fornecer o melhor resultado possível em todas as condições de iluminação. Com isso, os aparelhos poderão trazer fotos com muitos detalhes em todas as distâncias focais disponíveis na lente zoom, de 54 mm até 94 mm. Além disso, a clareza da imagem aproximada poderá ser aumentada em até 180%, enquanto as fotos em grande angular podem receber uma melhoria de 80% nesse aspecto.

De acordo com a marca, o recurso "é capaz de reconstruir o processamento de imagem, otimizar a eficiência, e promover as capacidades de integração entre diferentes plataformas para entregar fotos de alta qualidade, com estilo único e consistente". Ainda segundo a companhia, a solução traz uma experiência líder na indústria para fotos e vídeos.

A Honor não informou se a nova tecnologia de processamento será disponibilizada para aparelhos mais antigos via atualizações de software, ou se ficará exclusiva para os dispositivos apresentados a partir da linha Magic 3. De qualquer forma, é certo que os celulares novos trarão os recursos.

Ainda no contexto de captura de imagens, a Honor também aproveitou para lançar um concurso de fotografias com oito categorias (retrato, noite escura, paisagens, abstrato, documental, crepúsculo, urbana e animais), em que serão anunciados três vencedores gerais. O prêmio máximo é de 10 mil dólares (cerca de R$ 53 mil em conversão direta), mais um Magic 3 Pro — os dois melhores de cada tema levarão mil dólares (R$ 5,3 mil) e uma unidade do mesmo smartphone.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos