Mercado fechará em 4 h 59 min
  • BOVESPA

    107.768,67
    -168,44 (-0,16%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.890,59
    -708,79 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,74
    +0,43 (+0,52%)
     
  • OURO

    1.842,90
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    36.472,28
    +2.976,37 (+8,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    829,50
    +18,90 (+2,33%)
     
  • S&P500

    4.410,13
    +12,19 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.364,50
    +99,13 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.359,93
    +62,78 (+0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.243,61
    -412,85 (-1,67%)
     
  • NIKKEI

    27.131,34
    -457,03 (-1,66%)
     
  • NASDAQ

    14.209,50
    -291,50 (-2,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2032
    -0,0255 (-0,41%)
     

Hong Kong planeja testar professores sobre lei de segurança

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- Professores de Hong Kong podem ter que passar em um teste sobre a Lei de Segurança Nacional da cidade, segundo uma autoridade do governo, em meio à reforma do sistema educacional para fomentar maior lealdade à China.

Most Read from Bloomberg

Os exames colocariam os requisitos para professores da rede de ensino do governo em linha com os exigidos de funcionários públicos, disse o secretário de Educação, Kevin Yeung, em entrevista à Radio Television Hong Kong e divulgada na sexta-feira. A cidade usou a lei imposta pelo governo de Pequim para deter mais de 150 pessoas sob acusações que podem levar à prisão perpétua e justificar uma onda de novas políticas em vários segmentos, desde isenção de impostos até censura de filmes.

“Temos que trabalhar na educação nacional, na educação para a segurança nacional e esperamos promover a identidade nacional dos alunos”, disse Yeung à emissora pública. “Os professores são os guias dos alunos, por isso esperamos que tenham um certo grau de compreensão da Lei Básica.”

O sistema educacional da cidade foi reformulado desde que o governo chinês culpou o que chamou de juventude insuficientemente patriótica de Hong Kong pelos protestos em massa de 2019. Desde então, mudanças no currículo escolar exigem que crianças de apenas 6 anos memorizem atos criminalizados pela lei, o Dia da Segurança Nacional foi lançado em escolas e professores foram aconselhados a denunciar crianças que infringem a lei.

Professores da rede pública já são examinados sobre a Lei Básica, a miniconstituição da cidade que garante liberdade de expressão e de reunião, direitos não protegidos na China continental. O novo teste pode ser implementado para professores em escolas e jardins de infância apoiados pelo governo, disse Yeung à RTHK.

Funcionários públicos serão testados sobre a vaga Lei de Segurança, que criminaliza a subversão, secessão, terrorismo e conluio com potências estrangeiras a partir de meados do próximo ano, segundo planos do governo apresentados ao legislativo municipal nesta semana e divulgados pela mídia local.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos