Mercado abrirá em 9 h 20 min

Honda tira dois carros de linha no Brasil de uma só vez; veja quais

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Honda anunciou o fim da produção de dois automóveis no Brasil: o SUV subcompacto WR-V e o SUV compacto HR-V. Segundo a montadora, a venda dos modelos, que terão os preços atuais mantidos, seguem enquanto os estoques estiverem com unidades disponíveis.

A explicação da Honda para a retirada dos dois modelos é o reposicionamento da marca no Brasil, que iniciou com o lançamento da nova geração do Honda City, que agora tem, além da versão sedã, uma variante hatch. Inclusive, foi essa mesma estratégia que causou a "morte" do Fit, sucesso no mercado nacional há anos.

Com valores compatíveis com os SUVs, está claro que o City vai preencher a lacuna deixada por esses veículos, principalmente no caso do HR-V, que ganhará uma nova geração no Brasil em 2022, maior e posicionada para brigar com SUVs como Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos.

O WR-V nada mais era do que um Fit "aventureiro", mas não fez o mesmo sucesso do irmão de marca (Imagem: Divulgação/Honda)
O WR-V nada mais era do que um Fit "aventureiro", mas não fez o mesmo sucesso do irmão de marca (Imagem: Divulgação/Honda)

Vale lembrar que essa reformulação na linha de automóveis da Honda se iniciou em 2021, com a "aposentadoria" do Honda Civic nacional, que agora será importado dos Estados Unidos e também lançado em 2022.

Quanto a um possível substituto do WR-V, a Honda não confirma, mas há a expectativa pelo lançamento de um novo SUV compacto que pode brigar com os demais modelos do mercado, como Volkswagen T-Cross e Jeep Renegade.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos