Mercado abrirá em 1 h 12 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,23
    -0,13 (-0,18%)
     
  • OURO

    1.783,40
    -2,10 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    49.319,00
    -354,50 (-0,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.288,09
    -17,03 (-1,31%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.327,28
    -9,77 (-0,13%)
     
  • HANG SENG

    24.254,86
    +257,99 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.725,47
    -135,15 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    16.333,75
    -58,50 (-0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2698
    -0,0043 (-0,07%)
     

Honda testa pela 1ª vez motor que será usado em seu foguete reutilizável

·2 min de leitura

Em setembro deste ano, a montadora japonesa Honda anunciou o desenvolvimento de um pequeno foguete reutilizável como parte de seu objetivo de entrar no mercado aeroespacial. A montagem do lançador começou em 2019 a empresa acaba de dar mais um passo importante nesta missão, obtendo sucesso no primeiro teste com o protótipo do motor que será utilizado no novo foguete da empresa.

Em entrevista ao Space.com, representantes da Honda compartilharam um pequeno vídeo do protótipo do motor durante o recente teste de combustão, onde os “diamantes de choque” — um padrão de ondas estacionárias que surgem na pluma de escape supersônica de propulsor — ficaram bem evidentes. "Acreditamos ter feito um grande progresso neste desenvolvimento depois de apenas dois anos", disse Atsushi Ogawa, diretor operacional de excelência em pesquisa inovadora da Honda R&D.

(Imagem: Reprodução/Honda)
(Imagem: Reprodução/Honda)

O vídeo compartilhado era em preto e branco, mas, por questões de propriedade, os representantes da montadora proibiram qualquer captura de tela do teste. A Honda também não forneceu detalhes sobre o impulsionador em desenvolvimento. Até agora, sabe-se que a empresa prevê um foguete capaz de transportar cargas de até 1 tonelada. A princípio, o primeiro estágio do lançador será reutilizável.

No entanto, isto pode mudar caso as análises revelem que a impressão 3D ou qualquer outra tecnologia torne a produção do veículo descartável o mais econômico possível. A Honda planeja realizar um lançamento de teste suborbital em algum momento desta década e, em seguida, iniciar testes orbitais. A montadora espera decidir sobre entrar ou não na indústria espacial de lançamentos em 2025 e 2026, após avaliar o progresso alcançado até lá, bem como o estado do mercado.

Em junho deste ano, a montadora firmou um acordo com a JAXA, agência espacial japonesa, para o desenvolvimento de um sistema circulatório de energia renovável que poderia ser aplicado em veículos espaciais.

A expertise da Honda no campo da robótica também pode oferecer aplicações espaciais. No momento, a empresa trabalha para aprimorar a autonomia robótica que pode oferecer uma grande vantagem para alcançar o espaço, embora seja um grande desafio controlar robôs distantes da Terra. "Acreditamos que esta pesquisa levará a uma maior utilização de robôs na superfície da Lua e em outros ambientes", acrescentou Ogawa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos