Mercado fechará em 3 h 16 min
  • BOVESPA

    111.028,30
    +2.134,98 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.725,45
    +946,58 (+2,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,42
    -0,92 (-2,03%)
     
  • OURO

    1.812,20
    +31,30 (+1,76%)
     
  • BTC-USD

    19.282,26
    -117,50 (-0,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,03
    -0,83 (-0,22%)
     
  • S&P500

    3.666,34
    +44,71 (+1,23%)
     
  • DOW JONES

    30.006,34
    +367,70 (+1,24%)
     
  • FTSE

    6.387,74
    +121,55 (+1,94%)
     
  • HANG SENG

    26.567,68
    +226,19 (+0,86%)
     
  • NIKKEI

    26.787,54
    +353,92 (+1,34%)
     
  • NASDAQ

    12.385,50
    +108,50 (+0,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3117
    -0,0495 (-0,78%)
     

Honda promete produção em massa de carros autônomos 'nível 3' para 2021

Felipe Ribeiro
·2 minuto de leitura

Os carros autônomos estão em constante desenvolvimento e as empresas gastam bilhões para aperfeiçoarem seus projetos, que ainda estão longe de serem 100% seguros. No entanto, algumas montadoras já possuem produtos de sucesso, o que permite, ao menos, que tenhamos mais segurança, sobretudo em momentos de distração. Com isso em vista, a Honda já promete que tenhamos mais acesso a esse tipo de veículo já no ano que vem.

Em um anúncio oficial nessa última quarta-feira (11), a gigante japonesa informou que passará a produzir, de maneira massificada, veículos com sistemas autônomos no nível 3, ou seja, aqueles em que você pode permitir manobras, frenagens e acelerações sem a necessidade de estar com total controle sobre eles.

A escala, que vai de 0 a 5, indica o nível de direção autônoma que o veículo pode ter. A ideia da Honda é fazer com que um de seus sedãs, o Honda Legend, seja fabricado no ano que vem com toda essa tecnologia embarcada, uma vez que a empresa já conta com a aprovação do governo japonês para essa implementação.

Chamada de "Traffic Jam Pilot", essa tecnologia proprietária da Honda recebeu uma certificação das autoridades japonesas, já que, em seus testes, foi observada uma queda brusca em acidentes e mais proteção aos motoristas. “Espera-se que os carros autônomos desempenhem um grande papel na redução de acidentes de trânsito, no fornecimento de transporte para os idosos e na melhoria da logística”, disse Kazuyoshi Akaba, Ministro de Terras, Infraestrutura, Transporte e Turismo do Japão.

Aqui no Canaltech, entre os veículos testados, o que mais se aproximou dessa realidade foi o SUV compacto da Volvo, o XC40 T5 R-Design, em sua versão híbrida plug-in topo de linha. Esse carro é capaz de corrigir falhas de direção em caso de distração, frenar automaticamente, corrigir a rota em caso de saída de faixa e executar o piloto automático adaptativo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: