Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,40
    -0,04 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.764,30
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    61.996,18
    +887,85 (+1,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.430,53
    -21,11 (-1,45%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.271,00
    -19,50 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3907
    -0,0131 (-0,20%)
     

Honda lança novo jato executivo com autonomia de 4.800km

·2 minuto de leitura

A Honda voltou a investir pesado em aeronaves e anunciou nesta terça-feira (12) a chegada do HondaJet 2600. Apresentado durante o NBAA-BACE (NBAA Business Aviation Convention and Exhibition), maior evento de aviação executiva do mundo, o jato trará melhorias significativas quando comparado com seu antecessor, o HondaJet. Com fuselagem diferenciada e novos números de desempenho e peso de decolagem, ele promete atender clientes que buscam conforto aliado a ainda mais versatilidade.

Segundo a fabricante japonesa, o HondaJet 2600 tem esse nome devido ao seu alcance, que é de aproximadamente 2.600 milhas náuticas (ou 4.800 km), equivalente a modelos como o Gulfstream G300 e o Embraer Phenom 300e. O diferencial, porém, vai para o espaço na cabine, que poderá abrigar até oito passageiros com diferentes formatos das fileiras. Isso é possível graças às medidas de 17,62m de comprimento, 4,84m de altura e asas com envergadura de 17,29m.

Já no desempenho, ele também impressiona e bota pressão nos concorrentes. Segundo a Honda, o HondaJet 2600 terá teto operacional de 14.350 metros, com peso máximo de decolagem de quase 8 mil quilos. A velocidade máxima pode alcançar os 833 km/h, mas a fabricante não revela quem será a fabricante e se o avião terá mais de uma opção de propulsor. Sobre o consumo de combustível, a empresa promete performance 20% superior a outros jatos leves.

(Imagem: Reprodução/AIN Online/Barry Ambrose)
(Imagem: Reprodução/AIN Online/Barry Ambrose)

Já com relação às tecnologias, o HondaJet 2600 também não faz feio. A cabine terá o sistema auto throttle, além de ser equipado com o Advanced Steering Augmentation System (ASAS) e Runway Overrun Awareness and Alerting System (ROAAS). O HondaJet 2600 também terá freios, trem de pouso e spoilers elétricos. Quando homologado, o jatinho japonês poderá ser operado por apenas um piloto, que terá à disposição uma aviônica com telas sensíveis ao toque.

A Honda ainda não deu detalhes da previsão de lançamento comercial do HondaJet 2600, tampouco seu preço ou potenciais clientes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos