Mercado fechará em 4 h 53 min

Honda Fit de nova geração terá apenas versões híbridas na Europa

feedback@motor1.com (Dyogo Fagundes)
Tiros de espião Honda Fit Honda Jazz

Estratégia “Electric Vision” promete eletrificar toda gama da marca no mercado europeu até 2025

Apesar de a nova geração do Fit ainda não ter sido sequer lançada, a Honda já faz planos para estreia do modelo na Europa a partir do ano que vem. Durante anúncio realizado no Salão de Frankfurt, o vice-presidente sênior da Honda Motor Europe, Tom Gardner, confirmou que o novo modelo será oferecido localmente apenas em versões híbridas. "Em 2020, a Honda lançará a nova geração do Jazz [nome local do Fit] e desde já podemos confirmar que o modelo será introduzido na Europa com tecnologia híbrida como única opção de trem de força”. O lançamento fará parte da estratégia “Electric Vision”, que promete eletrificar 100% dos modelos ofertados pela empresa na região até 2025.

Com o lançamento do Fit híbrido, a ideia da Honda é aproveitar a demanda crescente por modelos do tipo e repetir o sucesso de outro híbrido já oferecido naquele mercado: o SUV CR-V, cuja variante batizada de Hybrid substituiu as opções turbodiesel de até então e já responde por mais de 60% dos emplacamentos totais. Detalhes mecânicos ainda não foram confirmados, mas tudo indica que o compacto adotará um esquema semelhante ao do próprio CR-V Hybrid, que usa dois motores elétricos associados a um propulsor a combustão. O câmbio será automático do tipo CVT. O lançamento está programado para acontecer em outubro, no Salão de Tóquio, com vendas na Europa previstas para 2020.

Leia também:

O visual também continua sendo um mistério, mas flagras recentes adiantam que o design remeterá às linhas do Fit original, incluindo o perfil monovolume característico do passado do modelo. Detalhes como teto alto e coluna dianteira bem fina comprovam essa percepção, com destaque para a janela lateral à frente da porta dianteira (recurso típico do design de minivans). Na traseira, as lanternas não mais subirão pelas colunas e serão substituídas por um conjunto mais tradicional, com peças duplas invadindo a tampa do porta-malas. O interior ainda é desconhecido, mas certamente manterá os recursos de modularidade e aproveitamento de espaço atuais, incluindo os bancos tipo Magic Seat.

Fonte: Honda