Mercado fechado

Honda City completa 10 anos de produção no Brasil com 240 mil unidades

feedback@motor1.com (Dyogo Fagundes)
Honda City - Gerações

No mercado global, já são mais de 40 anos de história e 1,2 milhão de exemplares

Sedã de entrada da Honda no Brasil desde meados de 2009, quando foi oficialmente lançado, o City comemora nesta semana 10 anos de produção nacional. Oferecido por aqui em sua terceira geração global (lá fora a linhagem original data de 1981), o modelo teve ao longo dessa décadas mais de 240 mil unidades fabricadas, sendo um dos principais produtos da empresa no país. Atualmente está na quarta linhagem, lançada por aqui em 2015 e reestilizada em 2018. É vendido ao todo em cinco versões: DX (manual), Personal, LX, EX e EXL (CVT), sempre com motor 1.5 i-VTEC FlexOne de até 116 cv. Os preços variam entre R$ 62.800 e R$ 85.800.

Nascido em 1981, o City foi pensado originalmente como um hatchback de pegada urbana e posicionamento racional. Oferecia preços convidativos, amplo espaço interno e motor 1.2 com direito até a uma variante turbinada. Em 1986, chegou ao mercado a segunda geração, mantendo a carroceria hatch, porém com design bem mais moderno e interior mais equipado. 

Cerca de 10 anos depois, em 1996, nasceu a primeira geração da variante sedã. Usava a base do Civic da época e motores 1.3 e 1.5, tendo a Índia e a Tailândia como grandes mercados. Mais tarde, em 2002, foi lançada a segunda geração desta carroceria, agora com base no Fit. Trazia mudanças importantes de design (inspiradas principalmente no monovolume) e pela primeira vez adotava opção de câmbio automático CVT.

Leia também:

Em 2009, outra mudança significativa de design marcava a nova geração. Era a terceira da variante sedã e a primeira que chegava oficialmente ao Brasil. Com esse modelo, a City superou a marca de 1,2 milhão de unidades vendidas, tendo alcance global através de mais de 45 países. Por fim, em 2015, foi lançada a encarnação que conhecemos hoje, reestilizada em 2018. 

Já no próximo dia 25 a Honda lançará a sétima geração do modelo, sendo a quinta como sedã. 

Fotos: Divulgação