Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,65 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,17
    -0,10 (-0,19%)
     
  • OURO

    1.855,00
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    32.835,21
    +45,89 (+0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    669,68
    +59,68 (+9,78%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,02 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.698,93
    +251,08 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.717,43
    +85,98 (+0,30%)
     
  • NASDAQ

    13.444,25
    +82,75 (+0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6547
    +0,0027 (+0,04%)
     

Homem vence processo contra os pais por terem jogado fora sua coleção de pornografia de R$ 127 mil

·1 minuto de leitura
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Um homem de 42 anos venceu um processo de indenização movido contra os próprios pais por terem jogado fora sua coleção de pornografia. David Werking, de Grand Haven, no estado norte-americano de Michigan, garante que o acervo valia US$ 25 mil (cerca de R$ 127 mil).

O caso aconteceu em 2016. David foi morar por um curto período com os pais após se divorciar, antes de se mudar para Muncie, em Indiana. Ao receber os pertences que haviam ficado na casa dos genitores, ele percebeu o sumiço de suas revistas, filmes e objetos pornográficos.

Leia também

“Honestamente, David, eu fiz um grande favor jogando tudo aquilo fora”, teria dito o pai ao desolado rapaz.

Três anos mais tarde, David decidiu mover uma ação contra os pais pela perda do valioso acervo, que incluía 1.605 filmes pornográficos, além de pelo menos 50 brinquedos sexuais. No último dia 10, o juiz Paul Maloney deu ganho de causa ao rapaz.

Agora, David e seus pais têm até fevereiro do ano que vem para entrarem em um acordo sobre o valor a ser pago na indenização. Caso não consigam se acertar, o tribunal deverá definir a quantia.