Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,38 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,17 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,53
    -0,18 (-0,39%)
     
  • OURO

    1.781,90
    -23,60 (-1,31%)
     
  • BTC-USD

    17.013,22
    +288,42 (+1,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -4,23 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,90 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,23 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,40 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.257,50
    +105,25 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3746
    +0,0347 (+0,55%)
     

Homem tem mão reimplantada após deixá-la em saco de gelo: 'sempre gostei de séries sobre hospitais'

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Inspirado em séries médicas, vítima colocou a mão amputada em um saco de gelo. (Foto: Hospital Santo Antônio/Divulgação)
Inspirado em séries médicas, vítima colocou a mão amputada em um saco de gelo. (Foto: Hospital Santo Antônio/Divulgação)

Um homem teve a mão reimplantada após perder o membro em uma briga de facão, em Blumenau, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina. O procedimento só pode ser realizado porque a vítima colocou a mão amputada em um saco de gelo, inspirado em séries médicas.

O procedimento raro foi realizado em 16 de outubro e os resultados foram divulgados na terça-feira (27) pelo Hospital Santo Antônio. O paciente de 40 anos teve a mão amputada durante uma briga há aproximadamente três semanas. A Polícia Civil trata o caso como tentativa de homicídio.

A cirurgia durou 6 horas, na qual os médicos conseguiram recuperar duas artérias, cinco veias, 24 tendões, três nervos, além dos ossos. Os profissionais destacaram que o conhecimento da vítima de colocar a mão amputada em um saco de gelo contribuiu para a preservação do membro e sucesso do procedimento.

Leia também

“Sempre gostei de ver séries sobre hospitais, e quando ocorreu, eu tive muita cautela, não entrei em desespero. Literalmente posso dizer que eu salvei meu próprio membro para fazer o reimplante, pois quando todos da minha família estavam desesperados, eu consegui ter discernimento para colocar em uma sacola e depois colocar no gelo”, disse o paciente à equipe médica.

A BRIGA

Segundo o delegado Egídio Ferrari, responsável pelo caso, o motivo da ocorrência teria sido uma briga entre a vítima e um outro homem, de 30 anos, e também morador de Blumenau.

O caso é tratado com sigilo e as investigações devem ser finalizadas e encaminhadas ao Ministério Público na próxima semana, afirmou Ferrari, na manhã desta sexta-feira (30).

Em nota, a Polícia Civil informou que o suspeito foi identificado e já se apresentou à Divisão de Investigações Criminais (DIC),e já foi liberado.