Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    32.064,38
    +32.064,38 (+0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Homem surta e se revolta com funcionários de lanchonete por causa de ketchup

·1 minuto de leitura
Cliente se descontrola em rede de fast food por catchup - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Cliente se descontrola em rede de fast food por catchup - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um homem se revoltou e agrediu verbalmente funcionários de uma lanchonete no interior de São Paulo no último sábado. O motivo foi ter recebido seu lanche sem ketchup. O destempero do rapaz foi filmado por uma testemunha e viralizou nas redes sociais.

De acordo com o G1, o protagonista da cena foi Luiz Rodrigo Franco Zucoloto, um comerciante de Ribeirão Preto. No vídeo, ele afirma ter sido “tapeado” pelos funcionários do McDonald’s no bairro Jardim Mosteiro, na zona leste da cidade.

Leia também

“Toda vez eu sou tapeado aqui, sempre acaba o ketchup. Está pensando o quê? Toda hora acaba o ketchup nessa m… aqui”, diz.

As imagens mostram Zucoloto revoltado, reclamando do atendimento e exigindo o dinheiro de volta. Ele chega a arremessar um saco com lanches na direção dos atendentes. Depois de se desentender com outro cliente do estabelecimento, precisou ser contido para não agredir um funcionário do estacionamento.

“Eu falei que já que não tinha o ketchup, queria que devolvessem o dinheiro. O gerente falou pra mim que ele não era obrigado a fornecer. Eu falei: ‘Como não? Qualquer lanchonete de esquina te dá ketchup, maionese, tudo, e vocês que são uma potência não querem me dar?’”, explicou ao G1.

O comerciante, porém, admitiu ter se arrependido e revelou estar sendo ameaçado após a divulgação do vídeo. “Eu fico arrependido, lógico. Eu tive um problema lá e surtei. Fiquei com raiva porque eles tinham ketchup e não quiseram me dar. Eu surtei, fiquei nervoso e agora não sei como voltar atrás mais.”